Ricardo vai implantar tempo integral em todas as escolas de ensino fundamental

    0

    O candidato à reeleição pela coligação A Força do Trabalho, Ricardo Coutinho (PSB), avaliou na manhã desta quinta-feira(7) em entrevista à rádio Clube FM, que se compromete a ampliar o número de escolas com regime de tempo integral.

    Hoje são 579 escolas na rede estadual onde os alunos passam o dia na escola com direito a refeição e atividades que reforçam o aprendizado. “Eu vou transformar todas as escolas estaduais de ensino fundamental em tempo integral, com a criançada nos dois turnos na escola que é o seu lugar”.
    Ricardo lembrou que no governo do seu adversário, no ano de 2008, existiam apenas 13 escolas com sistema de tempo integral. Numa nova gestão Ricardo Coutinho pretende chegar a 100 escolas do ensino médio com oferta de tempo integral, e se possível, acima de 100 unidades. Hoje são apenas 49 escolas.
    Os convênios com os municípios através do programa Pacto Social pelo Desenvolvimento da Paraíba geraram 725 novas salas de aula. Mais de R$ 200 milhões do Estado transferidos para quase 200 municípios. E a rede estadual de ensino foi contemplada com 14 novas escolas.
    Escolas Técnicas – O candidato Ricardo Coutinho destacou na entrevista que, no seu novo mandato, serão construídas 10 novas Escolas Técnicas Estaduais para profissionalizar milhares de jovens paraibanos.
    Na atual gestão o Governo do Estado já construiu e inaugurou a Escola Técnica de Bayeux e outras cinco estão em construção nas cidades de João Pessoa, Mamanguape, Cuité, Cajazeiras e São Bento. Cada uma das unidades tem investimentos na ordemde R$ 8,5 milhões e atenderá 1.200 alunos.

    Piso do Magistério – O governador e candidato à reeleição, Ricardo Coutinho também assegurou que nos próximos quatro anos vai dobrar o piso do Magistério estadual. “A Paraíba hoje já tem o piso do Magistério do Nordeste, eu vou dobrar, elevar esse piso porque compreendo que esse é um esforço absolutamente necessário e exigir qualidade”. Acrescentou que é preciso pactuar essa pauta para que o salário do professor cresça e ao mesmo tempo o Estado possa dar melhor condição para que os educadores possam se aperfeiçoar cada vez mais. Na atual gestão 13 mil professores fizeram curso de formação continuada e outros 4 mil cursaram especialização pela primeira vez ofertada pelo Governo e a partir de 2015 será ofertado o Mestrado para professores da rede estadual.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here