Ricardo destaca que Nordeste deve ser visto como prioridade pelo Governo Federal

1

O governador Ricardo Coutinho participou, nesta terça-feira (21), do encontro denominado “Nordeste 2030 – Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável”, onde foram discutidos temas como a competitividade e produtividade no Nordeste, definição de políticas prioritárias da região, financiamento do desenvolvimento regional, entre outros. O evento, que aconteceu no auditório do Banco do Nordeste em Fortaleza, no Ceará, reuniu os governadores do Nordeste, representantes do Tribunal de Contas da União (TCU), instituições financeiras oficiais nacionais e internacionais, como Banco do Nordeste (BNB) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de organizações públicas e privadas das áreas de gestão pública e planejamento.

Na ocasião, o governador Ricardo Coutinho destacou que o Nordeste 2030 é um encontro que promove um diálogo entre diversos poderes em busca de troca de conhecimentos e experiências que tragam alternativas para o desenvolvimento sustentável da região.

“O Nordeste é enorme, cheio de potencialidades e precisa ser visto como uma região que necessita de prioridade em alguns aspectos. Tem coisas que devem ser tratadas com muito zelo, como a seca e a segurança hídrica. A conclusão da transposição do São Francisco tem que ser concluída com a maior agilidade possível, para evitar um colapso total de água em algumas áreas. Juntos podemos trocar experiências e pensar em soluções para demandas do povo nordestino”, falou.

Para Ricardo, a inovação tecnológica e a educação também são assuntos que precisam ser focados na nossa região. “Sem inovação tecnológica o Nordeste não consegue competitividade e esse desafio passa pela qualificação da educação. A educação pública evoluiu, mas ainda tem muito o que crescer. É preciso que o ensino nas escolas públicas promova a igualdade de oportunidades para os filhos de pobres e ricos. Isso é algo relevante para o Nordeste e para todo o Brasil”, ressaltou.

Já o governador do Ceará, Camilo Santana, parabenizou a iniciativa do TCU em promover um diálogo que debate o rumo do desenvolvimento do Nordeste. “Este é um grande desafio porque a região é imensa e com muitas disparidades. Mesmo com todos os avanços, o Nordeste e o Brasil passam por uma crise econômica e hídrica que afeta demais a população. São cinco anos de chuvas abaixo da média que compromete o setor produtivo e nos exige ainda mais cuidados. Os governadores do Nordeste estão unidos pelo fortalecimento da região, já tivemos nos últimos anos vários encontros buscando juntos alternativas para melhorar o Nordeste”, observou.

“Este é um encontro muito importante para a região Nordeste. Temos que focar em melhorias com planejamento de longo prazo e priorizando o desenvolvimento sustentável. Acreditamos no potencial do Nordeste e do povo nordestino”, afirmou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio Monteiro, falou sobre a iniciativa do TCU em realizar este evento. “Há muito tempo sentimos que os governadores do Nordeste mereciam uma articulação melhor, então realizamos este encontro com o objetivo de buscar alternativas para a região com o aval do Tribunal de Contas da União. Iremos mostrar os caminhos que precisamos percorrer de uma forma conjunta. O Nordeste é muito mais forte do que muitos imaginam”, ressaltou.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here