Ricardo desafia Cartaxo: “quantas obras foram feitas? Essas 70 não existem”

    0

    O governador Ricardo Coutinho (PSB), durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, na tarde desta terça (29), destacou as obras que foram entregues na época em que foi prefeito de João Pessoa e alfinetou a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) por apenas usar marketing e pouca ação para a classe economicamente baixa do município. O gestor socialista ainda salienta que o PSB está preparado para enfrentar debates sobre administrações municipais e para comparações das obras entregues na Capital.

    De acordo com Ricardo, quando era prefeito, realizou mais obras do que na gestão de Cartaxo e aproveitou para afirmar que a gestão atual apenas faz uso de publicidade institucional para se promover.

    “Durante cinco anos e três meses do nosso mandato na PMJP construímos mais de 570 obras, pavimentamos mais de 570 ruas. Eu desafio a prefeitura de agora dizer quantas fez. E dizer o endereço evidentemente, porque senão vão dizer que pavimentaram o Oceano Atlântico todo e que ninguém poderá ir lá para realmente comprovar se fizeram isso. Evidentemente, é um fracasso a atual gestão quando se fala em pavimentação. Fora as praças, o que foi feito de verdade? Fizeram manutenção de praças, fizeram pouquíssima coisa. Entre construção e reforma, nós fizemos 74 praças, fizemos onde o povo mora, nas comunidades, fizemos praças iguais para todos, mesmo as classes sendo diferentes”, afirmou.

    E critica as inaugurações do prefeito Luciano Cartaxo. “O discurso de Cartaxo na verdade é muito frágil. Nunca fiz inauguração de rua, imagine divulgar entrega de enxoval. Nunca fiz inauguração porque acho inviável, das 110 obras cerca de 30 não pude inaugurar por falta de verba e nem por isso privei a população de usufruir do que foi reformado, ampliado ou construído. Essa história de 70 obras não existe, não se pode abrir um canteiro, como o da Beira Rio e dizer que é uma obra, não se pode jogar cal numa escola, construída por mim quando prefeito e dizer que é uma obra, instalar um ar condicionado e dizer que é uma obra, porque é brincar com a inteligência humana. Tirar grávida de sua casa para fazer pegar dois ônibus e ir a um auditório para tirar foto com o prefeito e receber um enxoval, isso é usufruir das pessoas, e ninguém é bobo, todos sabem disso. Enxoval sempre se entregou na frente da maternidade, não apenas um minha gestão, mas em todas outras. Até na de Cícero Lucena, nunca se pegou uma gestante quase que parindo para levar a um auditório apenas para tirar foto”, justificou.

    Ricardo destacou que está preparado para debater sobre gestões e ressaltou que seu governo é voltado para os mais humildes, fazendo com que todos tenham sentimento de igualdade. “A lógica da nossa gestão é para que todos tenham acessos iguais. João Pessoa ficou pequena na atual gestão. A partir do momento que a gestão convida a população para inaugurar um letreiro na beira da praia, que é idêntico ao que se tem em outras cidades, como se fosse uma grande atração. João Pessoa precisa voltar a pensar. O PSB topa um debate sobre o trabalho, queremos discutir gestão com rosto humano, não demagógico. Diminuíram a cidade porque diminuíram o governo, precisamos fazer com que a cidade volte a olhar principalmente para os mais necessitados, para as comunidades, ninguém vai se alimentar desse letreiro. É uma tentativa comovente de se dizer que a cidade avançou, mas na verdade regrediu”, declarou.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here