Ricardo Coutinho diz que gastos com a Casa Civil foram reduzidos em sua gestão

    0

    Em entrevista a um jornal de João Pessoa o candidato à reeleição ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), tratou sobre diversos temas relacionados à gestão socialista, a exemplo de investimentos em educação, saúde e o papel da Granja Santana, residencial oficial do governador desde a década de 1970. Com relação ao papel da Granja Santana como residência oficial do governador e as despesas com sua manutenção Ricardo explicou: “Como chefes de Estado, os governadores de todas as unidades federativas do país dispõem do direito a carros, motoristas, alimentação e segurança particular. A Granja Santana é a residência oficial do governador da Paraíba desde a década de 70 e é tombada pelo Iphaep. Serviu de moradia para dezenas de governadores, tendo a maioria deles morado no local com os mesmos serviços que existem hoje”.

    “Os custos da Granja Santana são de responsabilidade da Casa Civil e eu, na condição de governador, oriento que tudo seja realizado dentro da legalidade. Tanto é que reduzimos os gastos da Casa Civil, que em 2008 foram de R$ 9,1 milhões, para R$ 3,4 milhões em 2013, ou seja, quase três vezes menos. É estranho que setores da mídia só tenham questionado os custos da Granja Santana somente no meu governo quando, inclusive, se gasta menos que governos anteriores”, concluiu.

    A respeito das ações de seu governo na área da educação Ricardo Coutinho destacou que “qualquer pessoa na Paraíba tem totais condições de receber uma boa educação” e que em 2011, quando assumiu o governo, encontrou uma rede estadual bastante sucateada e sem condições dignas para os alunos.

    Ricardo destacou que o que tem sido feito de melhoria na rede estadual com são as reformas de 352 escolas e abertura de 725 salas de aula. “Diante da situação, seguimos o que orienta a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e promovemos o reordenamento da rede, com o fechamento de espaços inadequados para a prática de ensino e o encaminhamento dos alunos para escolas dignas para os filhos do povo”, disse.

    Sua gestão também criou 30 programas educacionais, abriu laboratórios de informática, incluiu o ensino de robótica, distribuiu tablets e qualificou os professores, que passaram a receber 14º e 15º salários.

    “Na saúde, realizamos melhorias significativas em nossos hospitais regionais e abrimos novos serviços. Em caso de acidentes graves, por exemplo, os melhores serviços estão nos hospitais de Trauma de João Pessoa e Campina”, declarou Ricardo Coutinho.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]