Em nota, PSB Mulher lamenta barbárie envolvendo paraibanas em Pernambuco

    1

    A Secretaria Estadual de Mulheres do Partido Socialista Brasileiro (PSB) emitiu uma moção de repúdio contra a tragédia ocorrida no último sábado (20), em que duas mulheres e um bebê foram sequestrados e este último jogado em um canavial e elas abusadas sexualmente e torturadas psicológica e fisicamente.

    Leia na íntegra:

    A SECRETARIA DE MULHERES ESTADUAL DO PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB), diante da violência e da barbárie contra as mulheres registrada no dia 20 de junho do corrente ano, onde duas mulheres e um bebê de nove meses foram sequestradas, estupradas, violentadas e uma delas brutalmente assassinada, vem a público se solidarizar com os familiares de Glória da Silva 42 anos e Caroline Félix Nogueira de 31 anos.

    Diante desta realidade e ao mesmo tempo, nós Mulheres Socialistas, repudiamos e reprovamos toda forma de violência contra qualquer mulher na Paraíba e no mundo!

    Mães, trabalhadoras e acima de tudo MULHERES, é inadmissível que nos dias atuais, nós mulheres continuemos a sofrer este tipo de atrocidade.

    Estarrecidas e revoltadas, mas munidas pelo sentimento de solidariedade a todos os familiares das mulheres vítimas deste ato covarde, trazemos o conforto necessário nesse momento difícil de perda.

    Neste sentido, reafirmamos nosso compromisso de FORÇA e de RESISTÊNCIA nesta Luta, em busca do Socialismo e da Liberdade, enfatizando que é fundamental o combate à opressão e violência que MATA e maltrata as meninas, adolescente, mulheres e idosas.

    Os estupros e o assassinato de Glória da Silva e Caroline Félix Nogueira foi uma violação gravíssima aos Direitos Humanos das MULHERES.

    A NOSSA LUTA CONTINUARÁ ATÉ QUE SEJAMOS LIVRES DE TODAS AS FORMAS DE VIOLÊNCIA!

    João Pessoa, 22 de junho de 2015

    Secretaria de Mulheres do Partido Socialista Brasileiro – PSB
    Chris Lucena (Secretária Estadual de Mulheres do PSB)

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here