Renan Calheiros tenta dar ‘rasteira’ em senador paraibano, que reage com irritação

1

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, tenta demover o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) da intenção de ser o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e apoiar o senador Edison Lobão (PMDB-MA). Os três estavam reunidos nesta terça-feira (7) quando o presidente da Argentina, Mauricio Macri, chegou ao Senado para uma visita institucional. A reunião foi interrompida.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE), quer que o nome seja indicado quanto antes. O objetivo, com isso, é acelerar os trabalhos visando à aprovação de Alexandre de Moraes para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).  Eunício, que apoiava Lira, ficará de fora dessa decisão. Deixará para Renan resolver a questão. A senadora Marta Suplicy ((PMDB-SP) também tenta ser indicada para a função. Mas há poucas chances.

Reação

De acordo com matéria publicada pelo Jornal O Globo, Lira está muito irritado com a atitude de Renan. “O senador (paraibano) sabe que dentro da bancada perderia. Mas, na CCJ, com o apoio dos outros partidos, venceria. Os outros partidos poderiam votar em Raimundo Lira para evitar a vitória de Edison Lobão, investigado na Lava-Jato”, diz a reportagem, que acrescenta uma fala do parlamentar da Paraíba: “um nenhum momento vou retirar a minha candidatura.”

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here