Renan Calheiros tenta dar ‘rasteira’ em senador paraibano, que reage com irritação

1

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, tenta demover o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) da intenção de ser o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e apoiar o senador Edison Lobão (PMDB-MA). Os três estavam reunidos nesta terça-feira (7) quando o presidente da Argentina, Mauricio Macri, chegou ao Senado para uma visita institucional. A reunião foi interrompida.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE), quer que o nome seja indicado quanto antes. O objetivo, com isso, é acelerar os trabalhos visando à aprovação de Alexandre de Moraes para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).  Eunício, que apoiava Lira, ficará de fora dessa decisão. Deixará para Renan resolver a questão. A senadora Marta Suplicy ((PMDB-SP) também tenta ser indicada para a função. Mas há poucas chances.

Reação

De acordo com matéria publicada pelo Jornal O Globo, Lira está muito irritado com a atitude de Renan. “O senador (paraibano) sabe que dentro da bancada perderia. Mas, na CCJ, com o apoio dos outros partidos, venceria. Os outros partidos poderiam votar em Raimundo Lira para evitar a vitória de Edison Lobão, investigado na Lava-Jato”, diz a reportagem, que acrescenta uma fala do parlamentar da Paraíba: “um nenhum momento vou retirar a minha candidatura.”

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

1 COMENTÁRIO

  1. [email protected]

    Raimundito chegou na casa de paraquedas não nos representar pois migrou pra Brasília amuito tempo não serve pra noi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here