Receita e MPPB desarticulam esquema de corrupção em JP e prendem dois auditores

    0

    O Ministério Público do Estado da Paraíba, por meio de sua Promotoria de Justiça de Crimes Contra a Ordem Tributária e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), em atuação conjunta com a Secretaria de Estado da Receita, Polícias Militar e Civil, desencadearam, no início da manhã desta quarta-feira (13), a “Operação Mercado Negro”, que cumpriram dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão, nas residências dos envolvidos em João Pessoa.

    A “Operação Mercado Negro” tem por objetivo desarticular um esquema criminoso de corrupção, envolvendo servidores públicos estaduais da Secretaria de Estado da Receita, que vem, ao longo dos anos, causando, com a ação criminosa, lesão aos cofres públicos e sérios danos à imagem da Secretaria da Receita.

    Após denúncia recebida pela Secretaria de Estado da Receita e investigações preliminares realizadas pela Corregedoria Fiscal e repassadas para Promotoria de Justiça de Crimes Contra a Ordem Tributária, ficou demonstrado que servidores da Receita Estadual vêm, reiteradamente, extorquindo empresários ao exigirem pagamento de “propina” em detrimento da realização de fiscalizações e lavraturas de autos de infração.

    Participam da Operação Mercado Negro quatro promotores de Justiça, duas equipes do Gaeco, dois auditores fiscais da Corregedoria da Receita Estadual e duas equipes do BOPE

    (Batalhão de Operações Especiais) e um Delegado da Polícia Civil.

    O crime sobre o qual pesam indícios contra os investigados são: crime funcional contra a ordem tributária (Art. 3º, II, da Lei nº 8.137/90), cuja pena, pode chegar a oito anos de reclusão.

    Para detalhar a operação será concedida uma coletiva de imprensa às 11h no Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado da Paraíba, na cidade de João Pessoa – PB.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here