RC libera R$ 300 mil em recursos e lança campanha do mês das mulheres

    0

    O governador Ricardo Coutinho lançou, na manhã desta sexta-feira (6), a campanha “Autonomia, essa é nossa decisão – Paraíba: Mulher Forte e de Valor” e liberou R$ 300 mil em créditos do programa Empreender voltado a empreendedoras vítimas de violência ou em situação de vulnerabilidade. Ainda na solenidade realizada no Palácio da Redenção, em João Pessoa, também foram anunciadas ações de políticas públicas para o setor, como a assinatura de um termo de pactuação entre o Estado, Governo Federal e 40 municípios paraibanos.

    Durante entrevista, Ricardo Coutinho falou sobre a importância da liberação dos recursos por meio do Empreender. “É uma questão de autonomia”, comentou. “Nós estamos disponibilizando só hoje mais de R$ 300 mil para mulheres nas mais variadas profissões receberem o crédito e, naturalmente, conquistarem autonomia que equivale muitas vezes à independência”, afirmou.

    Em relação à assinatura do termo de compromisso para pactuação de políticas públicas para mulheres entre os governos Estadual, Federal e 40 municípios paraibanos, o governador afirmou: “O próprio Estado lança um edital para estimular essas parcerias. Para que os municípios possam, a partir dessas parcerias, se prestarem a uma construção e um mundo mais solidário, de uma comunidade mais solidária”.

    Ricardo Coutinho também anunciou entre as ações voltadas às políticas públicas para as mulheres a ampliação dos dispositivos eletrônicos do SOS Mulher para aquelas que estão sendo ameaçadas. “Vamos cobrir agora todos os casos de Campina Grande para que a gente possa dar uma segurança maior e vá diminuindo cada vez mais as agressões e também os assassinatos de mulheres dentro do nosso Estado”, afirmou.

    A solenidade contou com a presença da vice-governadora Lígia Feliciano e de vários auxiliares do Governo do Estado. Também prestigiou o lançamento da campanha representantes dos poderes legislativo e judiciário, assim como prefeitos de municípios paraibanos. Entre os membros da sociedade civil organizada que participaram da solenidade estavam mulheres nas nações indígenas Potiguara e Tabajara, além de integrantes do movimento quilombola.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here