RC defende reordenamento e acusa Cássio de usar escolas como “cabide de empregos”

    0

    O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’, comprovou, durante debate promovido na tarde desta sexta-feira (29) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Paraíba (SINTEP), que sua gestão agiu legalmente quando fez o reordenamento escolar na rede pública estadual de ensino. Consciente e tranquilo, Ricardo desmontou a farsa que vem sendo propagada pelo candidato do PSDB em seu guia eleitoral.

    “Muitas escolas funcionavam sem as mínimas condições e não poderiam, de forma alguma, continuar abertas. Meu adversário, infelizmente, não teve a coragem, enquanto esteve no Governo, de organizar e estruturar as escolas que muitas vezes serviam de cabide de empregos para deputados”, lamentou Ricardo, lembrando que a administração do CAIC de Mangabeira não é de responsabilidade do Estado, já que foi repassado para o Governo Federal.

    O candidato da ‘Força do Trabalho’ afirmou que sua gestão teve a coragem de tomar a decisão correta, garantindo condições dignas de trabalho e aprendizado aos profissionais do magistério e aos alunos. “Nossa gestão não poderia manter 19 escolas em duplicidade, ou uma escola com apenas 1 aluno, que por sinal era marido da diretora”, ressaltou Ricardo.

    Ainda durante o debate, que contou com a participação de outros candidatos ao Governo, Ricardo anunciou que vai realizar, no próximo mandato, concursos para a Educação. Ele lembrou que, em 2012, convocou 3.200 professores, além de técnicos administrativos. “Convoquei e nomeei todos os aprovados. Já o meu adversário, fez concurso para outros governos convocarem”, relembrou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]