Raoni Mendes defende fim do voto proporcional nas eleições para vereadores

    0

    O vereador da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) Raoni Mendes (PDT) defendeu o fim do voto proporcional nas eleições de vereadores, nos municípios com população acima de 200 mil habitantes. O tema discutido pelo parlamentar foi apresentado de forma pessoal e faz parte da reforma política, em pauta no Congresso Nacional.
    De acordo com Raoni, o fim do voto proporcional representa um avanço, pois o modelo é contrário ao princípio constitucional de igualdade dos votos de todos os cidadãos. “A votação muitas vezes se torna uma forma da legenda eleger candidatos da mesma coligação de maneira inexpressiva. O eleitor vota em um nome, mas o eleito nem sempre é o que obteve o maior número de votos”, explicou o vereador.

    Atualmente, são 32 legendas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que, segundo o parlamentar, é uma quantidade exagerada e apenas demonstra o interesse dos políticos que compõem o quadro.

    “Apesar do sistema proporcional oferecer a chance de partidos pequenos, através da formação de uma coligação, elegerem seus representantes para as Casas Legislativas, ele também impulsiona a criação de siglas que atendem tão somente às demandas dos partidos maiores, corrompendo a verdadeira razão das agremiações partidárias e da própria eleição proporcional”, destacou.

    Raoni ressaltou a importância de debater o tema, que tem sido discutido no País. “É necessário que os mais votados, em votação nominal, sejam eleitos e componham a representação popular naquelas que devem ser as Casas do Povo Brasileiro”, frisou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here