Raio X de São Paulo Crystal e Nacional

0

São Paulo Crytal e Nacional de Patos fizeram uma partida eletrizante. Bem disputada, acirrada e digna de uma grande decisão.

Interrrogação

Se o Almeidão oferece milhões de vezes mais de condições, então por qual motivo o MP recomendou que a partida fosse no Sílvio Porto?

Festa nas aquibancadas

Quem esteve no jogo pode ver que há muitos anos, o estádio Sílvio Porto não recebia um público que lotou por completo suas dependências, pois a torcida do São Paulo compareceu em peso e abrilhantou a festa, o que não tirou o brilho dos patoenses que também, em menor número, mas marcaram presença e também fizeram barulho.

Fora

Mas nem tudo foi festa, pois na área externa, um confusão que gerou até uma prisão, pois torcedores ensaiaram uma confusão na hora do desembarque da torcida do Nacional, mas a Polícia Militar soube conter os ânimos exaltados.

Mais time

O Nacional, logo de cara, mostrou-se mais time, se impondo mais, arriscando e saindo mais pro jogo. Tanto é que quando abriu o placar ainda no começo, já tinha chutado uma bola no travessão.

Reação

Se o Nacional foi mais time, mas o São Paulo soube esboçar reação nas horas certas e em certo momento, teve oportunidade de empatar com uma cobrança de pênalti desperdiçada por Biro-Biro.

Verdão de Fibra

Como diz um trecho do hino do Nacional, o técnico Marcos Nascimento demonstrou fibra e mesmo em todas as oportunidades que estava ganhando e ainda com a vantagem de ter ganho o jogo de ida, não recuou o time em nenhuma oportunidade e sempre atacando e o resultado: 4 a 2

Promessa

O deputado estadual Antônio Mineral prometeu na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira, apresentar voto de aplauso para o presidente Alisson, do Nacional.

Pré jogo

Um excelente bate papo da imprensa que esteve trabalhando no jogo, mesmo em condições precárias. Foi um grande encontro entre colegas da Tabajara, CBN, Correio de Campina Grande, Constelação FM e Cultura de Guarabira e ainda da Espinhara de Patos. Uma tarde de muita descontração.

Pós jogo

Um grande carnaval dos jogadores e da comissão técnica nacionalina, pois a última vez que o time jogou a primeira divisão foi em 2013

Arbitragem

Não apareceu, apesar da temperatura elevadíssima do jogo com os ânimos a flor da pele

Observando

O presidente do Botafogo, Zezinho, estava lá e foi parabenizar o treinador Marcos Nascimento

Quarteto verde

Marcílio, Enercino, Jó Boy e Júnior Mandacaru formaram o quarteto de ouro do time de Patos. Jogaram demais!!!

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here