PSOL apresenta ao MPPB ação contra Cartaxo por assédio moral e perseguição política

    0

    O PSOL de João Pessoa apresentou no Ministério Público da Paraíba (MPPB) uma ação contra o prefeito Luciano Cartaxo (PT), por praticar assédio moral e perseguições políticas com os servidores da Educação do Município que integram movimento grevista.

    Ação foi impetrada pelo presidente do diretório municipal e vice-presidente estadual do PSOL, Renan Palmeira e Tárcio Teixeira, respectivamente. De acordo com a denúncia, o “assédio moral na exposição do funcionário público produz a situação humilhante e constrangedora, em função do exercício de sua função, na qual se ofende a sua dignidade ou integridade física”.

    Para Renan Palmeira, “o momento exige mais que uma apuração dos fatos, exige uma mudança de postura em relação as intimidações realizadas pela Prefeitura com os trabalhadores em Educação do Município em greve.”

    Nesse sentido, o Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) vem a público novamente repudiar essa prática autoritária, inconstitucional e anti-sindical conduzida pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT), lembrando os velhos tempos do regime militar onde os trabalhadores eram impedidos de realizar greves, manifestações e de lutarem pelos seus direitos.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here