Projetos que estimulam o empreendedorismo terão R$28,8 mi

    0

    Projetos que estimulam o empreendedorismo e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios terão apoio técnico e financeiro do Sebrae Nacional e da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec). Até o dia 30 deste mês de abril, estão abertas as inscrições para o Edital do Centro de Referência para Apoio a novos Empreendimentos (CERNE) 2015. Serão apoiadas 120 incubadoras do país, com um valor total de R$28,8 milhões.

    Fruto de uma parceria entre a Anprotec e o Sebrae, o Cerne é um modelo de gestão que visa promover a melhoria nos resultados das incubadoras de diferentes setores de atuação. Para isso, determina boas práticas a serem adotadas em diversos processos-chave, que estão associados a níveis de maturidade (Cerne 1, Cerne 2, Cerne 3 e Cerne 4). Cada nível de maturidade representa um passo da incubadora em direção à melhoria contínua.

    “O grande objetivo do edital é ampliar a capacidade das incubadoras em gerar, sistematicamente, empreendimentos inovadores e bem sucedidos”, destacou o gerente da Unidade de Tecnologia do Sebrae Paraíba, Fernando Ronaldo. Ele acrescentou que três empresas paraibanas, uma de Cabaceiras e duas de Campina Grande, já participaram de outros editais e irão se inscrever neste ano novamente.

    Na primeira quinzena de abril, a gestora do Projeto de Incubadoras do Sebrae Nacional, Lurdinha Silva, e a presidente da Anprotec e diretora geral do Parque Tecnológico, Francilene Garcia, estiveram em João Pessoa para incentivar e apoiar incubadoras paraibanas a se inscreverem no edital. “Queremos apoiar novos empreendimentos e oferecemos roteiros para a elaboração de propostas”, disse Lurdinha. Ela também explicou que, neste ano, diferentemente de 2011, os projetos serão previamente avaliados pelas unidades do Sebrae de cada Estado.

    “Estamos preparando as incubadoras para se inscreverem e conseguirem esse aporte financeiro e técnico. Vamos estimular a inscrição de novos projetos e esclarecer dúvidas”, completou Francilene. Na reunião, em João Pessoa, também participaram incubadoras dos setores da agroindústria, de couros e afins e de base tecnológica.

    O novo edital do Cerne prevê o aporte financeiro total de R$ 28,8 milhões para duas modalidades. A primeira delas será destinada às incubadoras que desejam implantar o primeiro nível de maturidade do modelo de gestão, Cerne 1, e passar pelo processo de certificação deste nível. Nesta modalidade, o edital apoiará 80 projetos no valor de R$ 230 mil cada, com um prazo de execução de 20 meses.

    A outra modalidade tem como foco a certificação das incubadoras que implantaram o Cerne 1 com apoio do primeiro edital, a implantação do Cerne 2 e a certificação desta segunda etapa. Nesta outra modalidade, o edital apoiará 40 projetos, no valor de R$ 260 mil e com um prazo de execução de 30 meses.

    Os projetos devem ser enviados para o gestor de incubadoras do Sebrae estadual da localidade da incubadora, até o dia 30 de abril. O Sebrae estadual, por sua vez, encaminhará ao Sebrae Nacional os projetos com informações consolidadas das incubadoras locais até 30 de junho. O resultado das análises será divulgado no dia 31 de julho. Informações adicionais devem ser solicitadas pelo e-mail:edital.incubadora@sebrae.com.br.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here