Projeto Parede Poética expõe Políbio Alves na CBTU João Pessoa

0

Os passageiros da CBTU João Pessoa poderão conhecer um pouco mais sobre a literatura de Políbio Alves. O retorno do projeto Parede Poética/Estação Poesia, uma parceria entre o Serviço Social do Comércio (Sesc) Paraíba e a CBTU, trará as poesias de Políbio, proporcionando aos usuários uma aproximação com a literatura. A exibição dos painéis na Estação João Pessoa será de 14 de julho a 18 de agosto.

O projeto Parede Poética foi lançado pelo SESC-PB em 2009, buscando inovar e ampliar as possibilidades de difusão da produção literária paraibana, notadamente a poesia. Unindo poesia e imagem, os painéis em banner da mostra permitem contemplar múltiplos espaços e alcançar públicos, além dos redutos tradicionais. Nesta edição, o projeto homenageia o poeta e contista paraibano Políbio Alves, que dedica toda sua obra premiada ao Varadouro, bairro que viveu sua infância.

Para a CBTU a parceria com o SESC-PB nesse projeto é muito importante para estimular a cultura com os usuários, pois eles passam a conhecer a literatura produzida no Estado. Esta edição da Parede Poética que reúne criações de Políbio Alves é assinada por Kleiton D’Araújo e coordenada por Francisco Noronha.

Políbio Alves dos Santos – nasceu em 1941 na capital da Paraíba. Ficcionista e poeta, é formado em Ciências Administrativas. Literário da Tribuna da Imprensa, anos 60/70, tem trabalhos em antologias e periódicos, nacionais e em outros países como Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Cuba. É verbete da Enciclopédia de Literatura Brasileira, de Afrânio Peixoto e J. Galante de Sousa. Detém vários prêmios literários, alguns internacionais. Recebeu a Medalha Poeta Augusto do Anjos, da Assembleia Legislativa da Paraíba – 2001 e a Comenda Cidade de João Pessoa, da. Câmara Municipal da capital paraibana – 2002. Foi editor da revista Presença Literária (de 1983 a 1985). Publicou “O que resta dos Mortos”, contos, (A União, 1983) com uma 2ª edição em espanhol (Arte Y Literatura, La Habana – Cuba, 1998); “Varadouro”, poesia (Almeida Gráfica, 1989) com 2° edição Cubana e 3ª edição pela Editora Universitária UFPB (2003).

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here