‘Prismas’ mostra trabalhos de três artistas plásticos paraibanos na Funesc

0

Será aberta no dia 8 de fevereiro, às 19h, a exposição ‘Prismas’, com trabalhos de Amauri Flor, J. Barreto e Flora Coura no Espaço Expositivo Alice Vinagre, na Fundação Espaço Cultural, em João Pessoa. A exposição estará montada até o dia 22 de março.

 

Conforme Edilson Parra, coordenador de Artes Visuais, esta é mais uma exposição que representa a abertura permanente para a produção dos artistas paraibanos através deste novo espaço expositivo criado na Funesc em 2016. A exposição ‘Prismas’ substituirá a mostra ‘À espera no campo de centeio’, de Minna Miná.

 

A exposição ‘Prismas’ pode ser vista das 7h às 22h, em todos os dias da semana. A Fundação Espaço Cultural fica na Avenida Abdias Gomes de Almeida, 800, no bairro de Tambauzinho.

 

Flora Coura

Flora Coura é designer e ilustradora. “Criatividade, pra mim, é um estilo de vida e o que me move é a curiosidade”, diz a artista. “Eu diria que sou designer desde criança, mas só descobri isso quando entrei na faculdade. Sou e sempre serei estudante, porque sempre tem alguma coisa nova para aprender”.

 

Conforme o artista plástico J. Barreto, Flora Coura é um “pássaro raro”. Ele lembra que a artista já era uma aluna ávida por conhecimentos na adolescência. “Aluna que rapidamente absorveu tudo o que eu poderia lhe transmitir, superando-me muitas vezes. No domínio das cores, suas nuances e seu emprego na técnica da aquarela tornou-se virtuosa, o que podemos constatar nos trabalhos apresentados nesta mostra”, comentou Barreto.

 

  1. Barreto
  2. Barreto (que também assina como Lins Barreto em produções literárias) é autodidata e dedica-se ao desenho desde a infância. Na adolescência, o manuseio de livros escolares, em sua maioria ilustrados por Percy Lau, lhe despertou para pesquisa e o estudo dos contrastes de luz e sombra. Em seguida passou a usar a cor em seus trabalhos de bico de pena.

 

Atualmente, tem se dedicado à pintura sobre tela, com uma produção tipicamente surrealista. Desde 1997 dirige o projeto Centro de Iniciação às Artes, que atende jovens das redes de ensino municipal e estadual, orientando-os para o desenvolvimento de seus talentos artísticos. Membro do Instituto de Genealogia e Heráldica da Paraíba-IGH/PB; Academia de Artes e Letras do Nordeste Brasileiro; e União Brasileira de Escritores.

 

 

Amauri Flor

 

Natural da cidade paraibana de Lagoa Seca, onde nasceu em 30 de novembro de 1963, Amauri Flor está radicado em João Pessoa desde 1978. Artista de artes visuais com produção de pintura sobre tela. Produz desenho surrealista figurativo, tendo como elemento principal o grafite e o pastel sobre papel.

 

Começou a desenhar e pintar em 1982 no colégio Lyceu Paraibano, participando das exposições promovidas por esta instituição de ensino. Vem realizando diversas oficinas e projetos nas escolas públicas e privadas na cidade de João Pessoa.

 

Em 2012 recebeu o prêmio incentivo com a arte/título grafite sobre papel promovido pelo Salão de Artes Visuais do Sesc PB, tendo como jurados o artista plástico Flávio Tavares, o fotografo Antônio David e a artista plástica Lúcia França. Sua última exposição foi na Faculdade de Filosofia de Caruaru (PE).

 

Serviço:

Exposição ‘Prismas’ (coletiva com obras de Amauri Flor, J. Barreto e Flora Coura)

Abertura: quarta-feira (8 de fevereiro), às 19h

Visitação: 2 de fevereiro a 22 de março, de segunda a domingo, das 7h às 22h

Horário de visitação: 7h às 22h

Local: Espaço Expositivo Alice Vinagre (mezanino 2)

Acesso: gratuito

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here