Presidente do PT em João Pessoa diz que Cássio saiu pela ‘porta dos fundos’ do Governo

    0

    O presidente municipal do PT, Jackson Macedo, rebateu as críticas recentes da oposição ao Governo Federal e disse que DEM e PSDB querem dar um ‘golpe de estado’ na presidenta Dilma Rousseff (PT). Em entrevista ao Paraíba Já, Jackson disse que o PT derrotou a oposição oito vezes nos últimos 12 anos, se contar os dois turnos das últimas quatro eleições, e ainda não aceitaram a derrota nas eleições do ano passado.

    O petista rebateu as afirmações do deputado federal Efraim Filho (DEM), que disse haver razões jurídicas e políticas para o impeachment de Dilma. “Primeiro, dizer que a presidente pode sofrer impeachment por estar vivendo um momento ruim é um absurdo, porque muitos governos tiveram momentos ruins e não sofreram impeachment. Depois, nada do que foi apresentado até agora nas denúncias feitas envolve a presidenta Dilma, e isso foi dito pelo TSE e pelo STF”, explicou o presidente,

    Jackson disse ainda que a direita quer promover um ‘golpe de estado’ em um governo democraticamente eleito, chegando ao poder por caminhos não ortodoxos. Ele culpou o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) por ser um dos principais incentivadores desse discurso.

    “Cássio diz que o PT é uma organização criminosa, mas ele é um ex-governador que saiu fugido do Palácio da Redenção, que saiu pela porta dos fundos, cassado e condenado em quatro instâncias jurídicas, e agora vem atacar um partido que venceu uma eleição democraticamente. A gente não está entendendo mais nada!”, criticou o presidente do PT.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here