Presidente do Psol da PB diz que Manoel Junior é contraditório ao criticar aliança entre PT e PSB

    0

    O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, reafirmou neste domingo (02) que seu partido não defende qualquer aliança com os partidos que compõem a base do prefeito da Capital e ou a base do Governo do Estado. Quando comentou declarações do deputado federal Manoel Júnior, nas quais o parlamentar atacou alianças entre PT e PSB, Fabiano Galdino considerou que a posição de Manoel Júnior era contraditória, uma vez que, efetivamente, Manoel Júnior não tem quaisquer restrições às alianças que o PMDB fez nas últimas eleições.

    Para demonstrar a incoerência dos ataques de Manoel Júnior às políticas de alianças entre PT e PSB, o dirigente do PSOL lembrou que o deputado federal Manoel Júnior até foi beneficiado com essas políticas, ao dizer que “umas dessas conveniências eleitorais do parlamentar foi a aliança que o PMDB e o PSB fizeram nas eleições 2004, na qual o nome de Manoel Júnior  foi apontado para ser o vice do então candidato a prefeito Ricardo Coutinho.

    Ao negar qualquer possibilidade de alianças eleitorais do PSOL com os partidos que governam o Estado e a prefeitura de João Pessoa, o presidente estadual do PSOL esclareceu que “apesar de considerar que partidos como PT, PSB e PMDB fazem alianças, porque pensam muito parecidos, em seus interesses e buscas pelo poder, o PSOL não se insere nesse rol de partidos e não quer alianças com  nenhum deles, no Estado”, afirmou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here