Presidente do PSOL afirma que partido é oposição a Cássio e Ricardo Coutinho

    0

    O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, reiterou que o seu partido assumirá uma postura de oposição a qualquer um dos adversários que for eleito no segundo turno. “Quem for eleito governador da Paraíba terá a oposição responsável e coerente do PSOL. A direção partidária e suas lideranças estarão atentas ao resultado das urnas neste segundo turno e conduzirão a oposição responsável e coerente ao governador eleito neste domingo”, disse.

    Galdino informou que o Diretório Estadual irá reunir os ex-candidatos da sigla nas eleições 2014 e definirá os próximos passos do partido na oposição e na construção de processos de debates e ações sobre a organização popular para reivindicar Direitos. “Uma rápida olhada no festival de propostas, de lado a lado, dos concorrentes no segundo turno revela que há muitas propostas lançadas ao povo e iremos cobrar, de forma incansável e fiscalizadora, o cumprimento delas”, enfatizou.

    Questionado sobre quais as projeções do PSOL paraibano em relação às futuras eleições, Galdino disse que o PSOL não deve centrar energia nessa direção. “Temos consolidações de nomes como do professor Nelson Júnior, Tárcio Teixeira e outros, mas não vamos fazer projeções para 2014. Até porque, 2015 será ano de luta política mais importante”, previu.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]