Renan Palmeira diz que vereadora quer impedir debate sobre diversidade e intolerância

    0

    O Presidente do Movimento do Espírito Lilás (MEL), Renan Palmeira, comentou em entrevista ao Paraíba Já na manhã desta terça-feira (28), as declarações feitas pela vereadora de João Pessoa, Eliza Virgínia (PSDB), que quer ‘proibir’ manifestações sobre homossexualidade nas escolas municipais de João Pessoa. Renan disse que o projeto é inconstitucional e que a fala da vereadora não nenhuma fundamentação.

    “Acho que escola não é um espaço para excluir, e sim um espaço para incluir as discussões. Eu acho que qualquer ensino que venha com perspectiva de proibir, com o objetivo de excluir, pode-se considerar um ensino extremamente equivocado. Querer impedir que as escolas tenham um espaço para discussão sobre as diversidades, sobre os preconceitos, sobre o combate ao preconceito também é um equivoco”, explicou.

    Renan, que é pré-candidato a vereador na capital paraibana, acredita que o projeto é inconstitucional, já que a escola não é um espaço que pode impedir as discussões que acontecem na sociedade

    “A vereadora novamente vem tentar produzir um olhar da sociedade a partir de seus dogmas, porque a educação não pode ser reproduzida a partir de dogmas, a educação tem que ser laica, plural, inclusiva e está em sintonia com a sociedade”, pontuou Renan.

    O ativista lembrou ainda que a última parada LGBT que aconteceu no sábado (25), e que um dos temas abordado esse ano foi justamente sobre a educação para diversidade, inclusão e com o objetivo de formar o cidadão que não tenha preconceitos sociais oriundos da identidade de gênero.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here