Presidente da Fundac comemora derrota da redução da maioridade

    0

    A presidente da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Sandra Marrocos, comemorou a derrota do projeto que reduzia para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, em votação que invadiu a madrugada desta quarta-feira (1), na Câmara dos Deputados. Em entrevista ao Paraíba Já na manhã de hoje, Sandra disse que o projeto seria negativo para os adolescentes, e que medidas socioeducativas precisam ser fortalecidas.

    “Eu estou muito feliz, pois na minha avaliação, caso a PEC fosse aprovada ontem, seria um dos maiores retrocessos na política que trata da criança e do adolescente. A medida que eles propõe já acontece, os jovens que cometem crimes sofrem punições e medidas apropriadas. Estou acreditando de fato que o Congresso trabalha com responsabilidade”, analisou.

    Para a presidente da Fundac, falta investimento na educação e em cursos profissionalizantes para que os jovens tenham mais oportunidades. De acordo com Sandra, a redução da maioridade penal não irá diminuir os crimes, pois cerca de 0,5% dos adolescentes que estão privados de liberdade no Brasil foram detidos por cometer crimes de maior periculosidade, como latrocínio e homicídio, sendo que a maioria é preso por crimes de menor severidade.

    “Os dados já não justificam essa redução. Os adolescentes são consequência, não causa e não se pode tratar a consequência como causa. O que tem que ser feito é investir no socioeducativo, principalmente na política de prevenção. Precisamos discutir essa questão da escola em tempo integral, questão de política pública para a juventude e a interatividade”, analisou.

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here