Prefeitura de Cabedelo realiza Ações de Saúde voltadas aos homens

    0

    A Prefeitura de Cabedelo, através da Secretaria Municipal da Saúde (Sescab), promoveu, no último sábado (15), uma série de atividades alusivas a Campanha do Novembro Azul na cidade. A iniciativa aconteceu no Mercado Público de Cabedelo e contou com a realização de testes gratuitos de HIV, Sífilis e Hepatite B, além de glicemia capilar, medição da pressão arterial e orientação nutricional.

    Sob o slogan: “A gente precisa tocar nesse assunto”, a Sescab ainda ofereceu à população presente informações e orientações sobre o exame preventivo do câncer de próstata. As ações contaram com a colaboração de enfermeiros profissionais e estagiários da Faculdade Santa Emília de Rodat que, de forma voluntária, somaram esforços junto às Coordenações de Vigilância em Saúde, da Educação em Saúde e da Atenção Básica em Saúde do Município.

    “O objetivo da campanha, através de ações como essa, é trazer os Serviços de Atenção Básica à Saúde até onde a população está, com a realização dos vários testes e atendimentos, focando na prevenção do câncer da próstata”, destacou o subsecretário da Saúde, Oscar Maia.

    A campanha nacional do Novembro Azul tem como foco principal orientar e estimular a população masculina a partir dos 40 anos de idade a realizar o exame preventivo do câncer de próstata. O tumor de próstata pode ser detectado por diferentes exames, como ultrassonografia, o PSA (sangue) e, principalmente, através do exame de toque retal.

    De acordo com a Sescab, os primeiros efeitos positivos da atual campanha já são percebidos, pelo considerável aumento da procura de consulta com o urologista, visando a prevenção ao câncer de próstata. Aqueles interessados em realizar o exame devem procurar qualquer um dos 22 Postos de Saúde de Família (PSF) de Cabedelo.

    “Realmente, eu fiz todos os exames daqui, todo ano faço outros exames que o médico pede, mas confesso que não é fácil para um homem como eu, aceitar fazer esse exame da próstata. Mas, quem sabe depois dessa conversa de hoje eu resolva fazer?”, ressaltou Edmilson Moraes, de 67 anos, morador do bairro de Camboinha.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here