PMJP apresenta projeto para conter erosão da Falésia do Cabo Branco nesta quarta

    0

    O primeiro projeto completo de proteção, revitalização e contenção da erosão da falésia do Cabo Branco foi apresentado na manhã desta quarta-feira (11) pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), durante uma coletiva de imprensa. O ato, que contou com a presença do prefeito Luciano Cartaxo, aconteceu no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM). Para a execução da primeira etapa do projeto, serão investidos cerca de R$ 12 milhões.

    O projeto de engenharia consiste basicamente na execução das obras de quebra-mares, proteção do sopé da Falésia, drenagem pluvial e pavimentação de vias. A alternativa escolhida foi a construção de oito quebra-mares paralelos à costa, totalizando uma extensão de aproximadamente 2.600 metros.

    Além das iniciativas para amenizar o avanço e a força do mar, o projeto prevê intervenções que tem como objetivo sanar os escoamentos que partem das ruas que estão acima da falésia. Essas vias passarão por obras de drenagem ou de redimensionamento da drenagem já existente, com porte suficiente para atender o aumento dos escoamentos superficiais, decorrente da expansão urbana.

    No que se refere à pavimentação, vias importantes serão beneficiadas, como é o caso das ruas Luzinete Formiga de Lucena, que também será duplicada, e Ricardo Albuquerque. O trânsito no local continuará funcionando como atualmente, com a interdição da Avenida João Cirilo (Panorâmica) no trecho que vai do girador da ladeira do Cabo Branco ao girador da Estação Ciência. A intenção da Superintendência de Mobilidade Urbana é estimular o uso da área para atividades esportivas e de lazer.

    “Essa é primeira vez na história de João Pessoa que Governo Municipal apresenta um projeto completo para resolver um problema histórico da nossa cidade”, disse o prefeito Luciano Cartaxo. “Buscamos a melhor alternativa, levando em consideração as normas mais rígidas de preservação ambiental e toda a legislação vigente”.

    Segundo o secretário de Planejamento de João Pessoa, Zennedy Bezerra, o projeto de pavimentação, drenagem e contenção da erosão da falésia prevê um replanejamento viário para a área, a reestruturação da drenagem, a proteção contra agressões marítimas e o planejamento urbanístico nas imediações da falésia. “A falésia do Cabo Branco constitui importante marco paisagístico da zona costeira do Estado da Paraíba. Por isso, a Prefeitura trabalha pela preservação desse patrimônio natural”, destacou.

    Ainda de acordo com Zennedy Bezerra, a Prefeitura pretende trabalhar na recomposição de barreiras entre os corais para evitar que as correntes marinhas, principalmente em período de ressaca, acelerem a degradação da falésia. “O trabalho inclui ainda intervenções para garantir maior eficiência na drenagem na parte superior da barreira”, explicou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here