Você viu? Prefeito de Pedras de Fogo nega denúncia e diz que Manoel Jr tenta difamá-lo

    1

    O prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão (PSB), em entrevista ao Paraíba Já, na tarde de sexta-feira (8) negou que fugiu da prefeitura por causa de uma suposta invasão de agiotas, assim como atribuiu o financiamento de divulgação da matéria aos opositores e ao grupo político do deputado federal Manoel Junior (PMDB).

    O prefeito desmentiu a história, que teria ocorrido na última quarta-feira (6), assim como atribuiu a divulgação das inverdades à oposição e critica a imprensa por não tê-lo ouvido antes da publicação. O Paraíba Já tentou entrar em contato com Dedé várias vezes durante os últimos dois dias, mas a assessoria de imprensa não facilitou o acesso ao prefeito.

    Após várias tentativas, finalmente a reportagem conversa com o gestor de Pedras de Fogo. “Isso não procede, é uma coisa absurda! Isso nunca aconteceu, isso é um jogo sujo, nunca tive envolvimento com agiota, e estava na prefeitura. Isso é coisa da oposição, que está desesperada e usa dos artigos mais imundos que não tenho como classificar. A imprensa deveria ser mais criteriosa antes de publicar qualquer informação. Tudo que foi divulgado são inverdades, criação de pessoas inescrupulosas, e infelizmente a imprensa divulga”, explicou.

    Dedé ainda afirmou que quem articulou as inverdades foi o grupo político do ex-prefeito Manoel Junior, devido a perda nas últimas eleições.  “Sabemos quem encomendou essa matéria. Atribuo esse tipo de situação articulada pelo grupo de Manoel. Não tenho nada contra ele, apenas ele não se conforma porque perdeu o poder do município, onde comandava há 30 anos. Imagina ele como deputado, perder para um professor. Não tenho dúvidas que partiu dele, tá na cara”, acusou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here