Preço da vida: comerciante pagou R$ 200 para assassinos tirarem a vida de empresário

    0
    Preço da vida: comerciante pagou R$ 200 para assassinos tirarem a vida de empresário
    Igor confessou ter atirado no empresário

    O delegado de Homicídios de João Pessoa, Pedro Ivo, apresentou na tarde desta terça-feira (26), os acusados de matar o empresário Cláudio Arruda Filho, 52 anos. O comerciante Moises Macedo Cordeiro é apontado como mandante do crime.

    O outro acusado, identificado como Igor, confessou ter atirado no empresário a mando de Moises. De acordo com o delegado, o pagamento pelo morte seria a quantia de R$ 200 e uma bicicleta.

    Claudio Arruda foi assassinado na tarde de ontem dentro da loja de bicicletas de Moises, localizada no bairro do Rangel, em João Pessoa. Ao averiguar o celular da vítima, o delegado detectou várias ligações do comerciante para o empresário pouco tempo antes do assassinato.

    De acordo com as primeiras informações, Moises devia a quantia de R$ 11 mil ao empresário e teria ligado para ele ir receber o pagamento. Claudio, que não estava em Joao Pessoa, quis adiar o recebimento, mas o dono da loja de bicicletas insistiu até que ele antecipou seu retorno a Capital, sem saber que estaria sendo atraído para uma armadilha As informações são do WSCom.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here