Por vaga no G-4, Botafogo-PB e Sousa duelam neste domingo no Almeidão

    0

    O ano para o Botafogo vai começar na 10ª partida de 2015. Pelo menos, essa é a expectativa de torcedores, dirigentes e dos próprios jogadores. Todos reconhecem que a campanha até aqui está muito abaixo da expectativa – o aproveitamento de 40,7% é o pior dos últimos seis anos, considerando os nove primeiros jogos de cada temporada.

    Mas há males que vêm para o bem. Se o time está virtualmente eliminado na Copa do Nordeste, pelo menos agora o Campeonato Paraibano passa a ser tratado como prioridade. E assim, a partida contra o Sousa, neste domingo, às 16 horas, é a chance para o time, enfim, conseguir fazer as pazes com o torcedor.

    – Agora é pensar só no Paraibano. Não fomos bem na Copa do Nordeste, mas isso não pode abalar o grupo. Temos time para vencer as outras competições que vamos disputar este ano – frisou o capitão Roberto Dias.

    Na quinta colocação com 10 pontos (embora seja o líder por pontos perdidos, já que jogou apenas cinco vezes), o Botafogo tem a chance de fazer as pazes com a torcida. O problema é que enfrenta um adversário em boa fase e que defende justamente a quarta posição na zona de classificação – o Dinossauro está em quarto lugar com 12 pontos, mas com três jogos a mais.

    Em termos de escalação, o técnico Marcelo Vilar esboça muitas mudanças. Na lateral direita, a paciência com Toty parece ter acabado de vez. Lucas Mendes treinou e deve ganhar a posição. Na outra lateral, Glaybson também pode ter a sua chance, uma vez que Alex Cazumba não repete as boas atuações do ano passado.

    Carlinho Rech também pode voltar ao time, mas no lugar de Mauro, que falhou no gol do Ceará, na última quinta-feira. Outras mudanças esperadas são as entradas de Chapinha, no meio-campo, e Juninho, no ataque.

    Dino joga para se manter entre os quatro primeiros

    Motivação é o que não falta ao Sousa para o confronto de “seis pontos” que fará contra o Botafogo, fora de casa. Após vencer o Campinense por 2 a 1, em pleno Amigão, no dia 25 de fevereiro, o Dino espera tirar proveito da pressão que vive o adversário.

    Para este difícil compromisso, o técnico Roberto Carlos perdeu duas importantes peças: o goleiro Ricardo e o zagueiro Jefferson, suspensos. Júnior Conceição e Andrey devem herdar as vagas no gol e na zaga, respectivamente.

    Com informações do GE/PB

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here