Por conta do São João, ministro diz que Campina é destaque em cultura na PB

0

“Campina Grande é muito rica em cultura. Se não fosse a cultura existente nessa terra, O Maior São João do Mundo seria apenas um amontoado de pessoas reunidas numa grande festa”. A afirmação foi do ministro da Cultura, Marcelo Calero, após visitar Campina Grande neste último domingo, 19, onde conheceu alguns equipamentos culturais da cidade, reconhecida mundialmente pela realização dos festejos juninos.

O ministro da Cultura visitou Campina Grande praticamente doze dias após receber o secretário Bernardo Pimentel, em Brasília, ocasião em que foram apresentadas demandas para investimentos na infraestrutura e modernização dos equipamentos culturais instalados na cidade, como Teatro Municipal Severino Cabral, Museus Histórico e do Algodão, Biblioteca Municipal, Filarmônica, além de projetos inovadores para serem desenvolvidos na cidade.

“A visita do ministro foi motivada pelo deputado Rômulo Gouveia, que está empenhado em trazer verbas federais para o desenvolvimento da Cultura. Com a visita do ministro pudemos mostrar O Maior São João do Mundo, mas também apresentar nossa efervescência cultural, revelando que não temos apenas 30 dias de cultura, mas 365 dias”, declarou Bernardo.

O ministro chegou à cidade por volta das 10 horas do último domingo, conheceu pontos turísticos durante o passeio no “Forró Bus”, sempre ao som da Companhia Cordel Em Canto. Ele visitou o Museu do Algodão e o I Salão de Artesanato de Campina Grande. Depois, o ministro assistiu apresentações do grupo de Tradições Nordestinas Acauã da Serra, a execuções do cancioneiro nordestino pela Filarmônica Epitácio Pessoa e os compactos da peça “A Feira” e do musical “O Fole Roncou”, todos exibidas no Teatro Municipal Severino Cabral.

DESCENTRALIZAÇÃO DA CULTURA –
Acompanhado do prefeito, Romero Rodrigues, do deputado federal, Rômulo Gouveia e do presidente da Câmara de Vereadores, Pimentel Filho, o ministro da Cultura se deslocou ao distrito de Galante, conhecendo o Complexo Multimodal Aluízio Campos, sendo sensibilizado a respeito da importância de Campina Grande receber novos investimentos na área da Cultura, visto o pleno desenvolvimento.

“A visita do ministro, ao Complexo Aluízio Campos, nos deu a condição dele conhecer pessoalmente como nossa cidade está se desenvolvendo e precisando de nossos equipamentos de cultura. Assim, descentralizando a Cultura, atendendo as metas do Plano Nacional de Cultura”, enfocou, Bernardo.

Sobre a descentralização e novos projetos da Secult, Bernardo destacou a inauguração da Biblioteca Municipal, a ser realizada no dia 30 de junho, a inauguração do CEU´s das Artes e da requalificação do Teatro Rosil Cavalcanti, que ao receber novos equipamentos estará apto para exibição de filmes, priorizando a produção local.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here