Pólvora Jazz movimenta domingo no Centro Histórico em João Pessoa

    0

    A partir do entardecer, os jardins do Centro Cultural Casa da Pólvora, na Ladeira São Francisco, foram tomados para receber o Pólvora Jazz Festival. O evento, inédito no segmento musical voltado para um público mais amplo, foi realizado neste domingo (15),trazendo seis atrações, entre luminares dos selos fonográficos: os pianistas Jean Kapsa (França), David Helbock (Áustria) e Ernesto Jodos (Argentina), a Tortorello Jazz Band (Paraíba), e os saxofonistas Alex Corezzi (Minas Gerais) e Alejandro Chiabrando (Argentina).

    O jazz, que comporta uma rica variedade de subgêneros, muitas vezes dialogando dentro de uma mesma jamsession, foi explorado nas suas vertentes rock, fusion e tradicional, abrindo caminho para o atonalismo do free. Kapsa,que já foi premiado no Golden Jazz Trophy, e Corezzi abriram a programação, seguidos da revelação do piano David Hellbock, outro laureado no Festival de Jazz de Montreux.

    Alejandro Chiabrando tocou ao lado de Matheus Jardim e Gabriel Moraes. Ernesto Jodos, eleito pela crítica do seu país-natal como melhor pianista de jazz por sucessivos anos, foi a penúltima atração e a Tortorello Jazz Band fechou a noite. Uma surpresa no palco foi a reunião das três estrelas dos teclados, Kapsa, Jodos e Helbock. “Cheguei aqui, sentei e fiquei extasiado com a qualidade dos músicos”, elogiou o educador físico Ronaldo Moura.

    “Inauguramos hoje um movimento cultural na cidade, ao trazer festivais como este para a Casa da Pólvora. A presença de bom público significa que a população quer consumir cultura de boa qualidade”, declarou o diretor-executivo da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Maurício Burity. A fundação apoiou o evento. “Todos os músicos convidados têm trabalhos autorais maravilhosos. A cidade carecia de um evento dedicado ao jazz”, reconhece Emanuelle Amaral, produtora.

    “Além de a cidade ter um litoral e Centro bonitos, contar com um espaço de cultura que ofereça música boa nos deixou surpresos”, revelou a psicanalista Nicole Agase, recém-chegada com o marido a João Pessoa.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here