Polícia resgata 346 animais silvestres do comércio ilegal em Campina Grande

    0

    Uma operação realizada pelo Batalhão de Polícia Ambiental, nesse domingo (26), na feira da Prata, na cidade de Campina Grande, resgatou 346 animais silvestres, entre aves e répteis. Quatro pessoas foram conduzidas até Central da Polícia Civil. Gilvandro Farias Sousa, de 42 anos; Ricardo Francisco Ferreira, 36; Joacir dos Santos, 38 anos, e um adolescente, de 17, foram autuados pelo tráfico dos animais, cujas multas variam entre R$ 500 e R$ 5 mil. O jovem também foi autuado por maus tratos.

    De acordo com o comandante do Pelotão Ambiental em Campina Grande, tenente Rodrigues, a operação foi desencadeada após um levantamento feito pelo Núcleo de Inteligência do Batalhão Ambiental. “O serviço de inteligência pontuou os locais e veículos que estavam sendo utilizados no comércio ilegal e fechamos todas as entradas da feira, recolhendo os animais após varredura em toda área e conduzindo os suspeitos identificados até a delegacia”, contou.

    A operação teve a participação de 18 policiais. As aves apreendidas são das espécies coleira, azulão, canário, concriz, rolinha, sabiá, papa-capim, cravina, tico-tico, tiziu, gaturamo, pintassilgo, sanhaçu, maroca, periquito tapacú, bigode, bico-de-lacre, corda-negra, periquito-da-caatinga e galo-de-campina. Também foram apreendidas iguanas, répteis que vivem em florestas tropicais, sobretudo em áreas de matas ciliares.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here