Polícia realiza abordagens na divisa entre Paraíba e Rio Grande do Norte

    0

    A Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds) retomou, nesta quinta-feira (26), a Operação Divisa Segura. Ações de abordagem de veículos e pessoas foram realizadas nas cidades de Cuité, Picuí, Nova Floresta e Barra de Santa Rosa, no Curimataú Paraibano, em trechos da BR-104. O foco foi coibir a ação de criminosos, como tráfico de drogas, posse e porte ilegal de arma e uso de veículos roubados, além de mapear a localidade para municiar a Polícia com informações. O trabalho policial ocorreu principalmente na divisa com cidades do Rio Grande do Norte, como Jaçanã e Carnaúba dos Dantas.

    Participaram da Divisa Segura desta quinta-feira cerca de 100 policiais, entre civis e militares. Durante as abordagens realizadas no sentido Paraíba – Rio Grande do Norte, foram verificados documentação dos motoristas e dos veículos, notas fiscais de produtos transportados e ainda inspecionadas bagagens suspeitas. A ação começou no período da manhã e contou com o apoio do helicóptero Acauã, da Seds. A aeronave sobrevoou os trechos onde as barreiras policiais estavam. “É importante o trabalho da aeronave aqui na região, já que temos muitos locais de zona rural, o que pode facilitar a fuga de criminosos e o Acauã ajuda nesse monitoramento, além de mapear toda a área para o trabalho policial”, ressaltou o titular da delegacia seccional de Picuí, Cristiano Brito.

    Para o secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, o trabalho executado pelas polícias demonstra que a Paraíba está empenhada em executar ações de enfrentamento à violência e ao comércio de entorpecentes. “Essa foi a retomada da Operação da Divisa Segura realizada no Estado e outras acontecerão durante o ano, sempre com o foco na integração entre as Polícias e o combate ao crime no Estado”, frisou o secretário.

    Já o delegado geral da Polícia Civil, João Alves, disse que a ação realizada nesta quinta-feira mostra que as polícias do Estado estão atentas ao combate à criminalidade e de forma preventiva. “Montamos barreiras em pontos estratégicos e com esta atitude estamos buscando combater ações criminosas entre Paraíba e Rio Grande do Norte e essa foi só a primeira etapa, o que caracteriza só o começo de um trabalho investigativo e pautado na integração entre Polícia Civil e Militar. Nosso objetivo foi mapear toda a área do Curimataú Paraibano e levantar informações que serão usadas pelas forças de segurança da Seds”, frisou João Alves.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here