Polícia elabora esquema de segurança para aplicação das provas do Enem na Paraíba

    0

    A Polícia Militar está concluindo todo o planejamento da segurança para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no qual a corporação atuará em quatro etapas: escolta dos malotes com os cadernos no trajeto para os locais de prova, vigilância das provas após serem entregues, policiamento no dia do exame e escolta dos gabaritos. As provas do Enem acontecerão nos dias 24 e 25 deste mês e a operação de segurança começará no dia 16 e vai até o dia 26.

    Uma reunião será realizada nesta quinta-feira (8), às 9h, no Quartel do Comando-Geral, na Capital, com todos os oficiais das seções de planejamento de Batalhões e Companhias da Região Metropolitana, que definirá os últimos detalhes da operação, inclusive o efetivo que será empregado para todo Estado.

    O coordenador do Estado-Maior Estratégico (EME), coronel Jarlon Cabral, destacou que a corporação está empenhada no planejamento da segurança para repetir o mesmo êxito alcançado nos anos anteriores. “Já recebemos todos os dados necessários dos Correios e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) para subsidiar nossa atuação. Este ano serão 443 locais de provas em 52 cidades, então agora entramos na fase dos últimos ajustes para colocar em prática o plano de segurança, que já começa com a escolta dos carros dos Correios nas rotas até os locais de prova”, disse.

    A quantidade de cidades diminuiu em relação ao ano passado, quando eram 58. O número de locais de provas também diminuiu, já que em 2014 foram 451. Este ano, o maior número de cidades está concentrado na região de atuação do Comando do Policiamento da Região II (região do Sertão), com 25 municípios, seguido da Região I (que engloba a região de Campina Grande e o Brejo do Estado), com 15 cidades. No entanto, a região que vai de Cabedelo a Mari, incluindo também os Litorais Norte e Sul, são as que possuem mais locais de prova – 177 no total, em 12 cidades.

    Acompanhamento em tempo real – Toda operação será coordenada através de um centro de comando e controle, que ficará instalado na sede do Comando-Geral, em João Pessoa. O centro acompanhará, em tempo real, toda a operação e possíveis ocorrências nas 52 cidades, o que vai possibilitar a agilidade na solução de qualquer demanda que venha a acontecer, com respostas imediatas.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here