Polícia apreende armas e desarticula organização criminosa em Gurinhém

0

As Polícias Civil e Militar da Paraíba, por meio de ações realizadas pela 9ª Área Integrada de Segurança Pública na região de Itabaiana, deflagraram nesta quinta-feira (4) a “Operação Rescaldo”, que culminou com a apreensão de armas e prisão de seis integrantes de uma organização criminosa na cidade de Gurinhém, a 78 quilômetros de João Pessoa. A operação foi coordenada pelo delegado Seccional de Itabaiana, Hugo Hélder, e contou com a participação de 70 homens, entre policiais civis e militares.

Segundo o delegado, foram apreendidas duas espingardas calibre 36 e presos os seguintes integrantes de uma organização que praticava assaltos e traficava drogas na cidade: Alisson Leandro da Silva, 23 anos; Edilane Carla da Silva, 32 anos; Adriano Soares da Silva, 24 anos; Josafá Joaquim de Oliveira Junior, 23 anos; José Adriano Silva dos Santos, 21 anos, e Lincoln Deolindo da Silva.

De acordo com o delegado Hugo Lucena, que responde pela Delegacia de Itabaiana, a “Operação Rescaldo” ganhou este nome por se tratar da continuidade de uma série de ações ocorridas na região, em que a Polícia já havia prendido o chefe da organização criminosa que atuava na cidade de Gurinhém. “Há alguns meses, a Polícia prendeu o líder do grupo, conhecido como Guilherme, mas ele continuou a mandar as coordenadas para o resto da organização de dentro do Sistema Penitenciário. Do lado de fora, a mulher de Guilherme era quem recebia as ordens e repassava para o resto do grupo. Com esta Operação conseguimos desarticular a organização e colocar mais seis integrantes à disposição da Justiça”, disse.

Para o major Oscar Beuttenmuller Neto, comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, as ações conjuntas com a Polícia Civil deverão continuar na região e outras operações deverão acontecer no decorrer do ano. “A Polícia Militar está trabalhando intensamente no sentido de cumprir mandados de prisão. Essas ações irão continuar durante todo o ano para reduzir cada vez mais a incidência de crimes na região do Vale do Paraíba”, concluiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here