Polícia Ambiental apreende 10 espingardas e arribaçãs

    0

    Equipes do Pelotão de Polícia Ambiental, com sede em Campina Grande, apreenderam no município de Frei Martinho, na região de Picuí, já na divisa com o Rio Grande do Norte, dez espingardas calibres 28 e 32, dentre outros, utilizadas na caça de arribaçãs. A ação ocorreu na madrugada desta sexta-feira (22).

    De acordo com o comandante do 1º Pelotão da Polícia Ambiental, tenente Rodrigo Soares Rodrigues, os policiais também apreenderam cerca de 30 aves abatidas e munição das espingardas. Arribaçãs e todos os animais silvestres são protegidos por lei e não podem ser caçados, aprisionados ou molestados.

    O Pelotão de Polícia Ambiental enviou equipes a Frei Martinho a partir de denúncias anônimas. Os policiais investigaram e identificaram uma casa onde os caçadores se organizavam para ir à caça de arribaçãs. Quando os policiais do Pelotão Ambiental entraram na residência que funcionava como base, os caçadores já haviam fugido do local. As espingardas apreendidas estão na Delegacia de Polícia Civil da cidade, à disposição da Justiça.

    Essa foi a primeira apreensão de armas feita pelo Pelotão de Polícia Ambiental de Campina Grande, inaugurado no dia 4 de julho passado. Em parceria com a Sudema, a Polícia Ambiental também atua nocombate à poluição sonora, que além da perturbação do sossego, muitas vezes provoca outros delitos como a prostituição infantil e o uso e tráfico de entorpecentes.

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]