PMJP pede prorrogação de prazo para responder ao CRM sobre o Trauminha

0

A Prefeitura de João Pessoa pediu dilatação do prazo para apresentar melhorias no Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha), das irregularidades apontadas no relatório do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), constatadas durante fiscalização do dia 04 de abril deste ano. No documento, o CRM havia dado um prazo de 30 dias para que a PMJP se posicionasse, prazo que venceu no dia 04 de maio.

De acordo com o diretor de fiscalização do CRM, João Alberto Morais, o prefeito Luciano Cartaxo e o secretário de Saúde de João Pessoa Adalberto Fulgêncio se reuniu com a diretores da entidade para pedir um prazo de até a próxima semana para apresentar soluções ao caos do hospital.  Em entrevista ao Paraíba Já, João Alberto explicou que foi feita toda uma explanação do relatório.

“A reunião foi feita com o presidente do Conselho e com o secretário Adalberto Fulgêncio e o prefeito Luciano Cartaxo e eles se protificaram em nos trazer alguma coisa conclusiva até a próxima terça-feira. O secretário disse que ia agilizar o que foi exposto no relatório, mas a priori não disseram nenhuma solução sobre a questão médica e de medicamentos”, declarou.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here