PMDB indicará Vital para vaga no Tribunal de Contas da União nesta terça

    0

    O paraibano Vital do Rêgo está cada vez mais próximo de ser indicado como ministro do TCU. Antes dado como uma possibilidade, agora é uma certeza. Segundo o Jornal O Globo, em matéria assinada pelas jornalistas Simone Iglesias e Maria Lima revelam que a bancada do PMDB no Senado indicará nesta terça-feira o nome de Vital do Rêgo (PB) para vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).

    Aberta com a aposentadoria de José Jorge. A indicação cabe ao Senado e havia um entendimento prévio entre o presidente da Casa, Renan Calheiros, e a presidente Dilma Rousseff de apoiar a ministra Ideli Salvatti (Direitos Humanos) para o tribunal, mas a rejeição à ministra entre os senadores peemedebistas levaram à indicação de um nome do próprio partido.

    Ideli estava visitando os gabinetes dos senadores, em campanha, mas há muita resistência à sua indicação pela relação ruim que se estabeleceu entre ela e o Congresso no período em que foi ministra da Secretaria de Relações Institucionais. A indicação de Vital enfraquece as chances da petista, porque a bancada do PMDB é a maior do Senado e são necessárias 28 assinaturas de senadores para subscrever a indicação. Após a validação do requerimento, o pretendente a ministro do TCU deve ser sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça e, depois, ser aprovado no plenário do Senado. O nome é ainda submetido ao plenário da Câmara. As votações em todas essas instâncias são secretas.

    A indicação de Vital do Rêgo (PB) enfraquece as chances de Ideli Salvatti, ministra dos Direitos Humanos BRASÍLIA – A bancada do PMDB no Senado indicará nesta terça-feira o nome de Vital do Rêgo (PB) para vaga de ministro do Tribunal de Contas da União, aberta com a aposentadoria de José Jorge. A indicação cabe ao Senado e havia um entendimento prévio entre o presidente da Casa, Renan Calheiros, e a presidente Dilma Rousseff de apoiar a ministra Ideli Salvatti (Direitos Humanos) para o tribunal, mas a rejeição à ministra entre os senadores peemedebistas levaram à indicação de um nome do próprio partido. Renan já havia indicado este ano Bruno Dantas para a vaga de Valmir Campelo, que se aposentou em junho passado.

    Ideli estava visitando os gabinetes dos senadores, em campanha, mas há muita resistência à sua indicação pela relação ruim que se estabeleceu entre ela e o Congresso no período em que foi ministra da Secretaria de Relações Institucionais. A indicação de Vital enfraquece as chances da petista, porque a bancada do PMDB é a maior do Senado e são necessárias 28 assinaturas de senadores para subscrever a indicação. Após a validação do requerimento, o pretendente a ministro do TCU deve ser sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça e, depois, ser aprovado no plenário do Senado. O nome é ainda submetido ao plenário da Câmara. As votações em todas essas instâncias são secretas.

     O Globo

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here