PMDB garante que terá candidato próprio à Presidência da República em 2018

    0

    Ao lado do vice-presidente da República, Michel Temer, a cúpula do PMDB lançou nesta quarta-feira (15) uma ofensiva nas redes sociais para divulgar o partido e buscar apoio a uma candidatura própria para disputar o Palácio do Planalto em 2018. Os peemedebistas defendem o fim da aliança nacional com o PT nos moldes atuais –em que os petistas ficam com a cabeça de chapa– e dizem que é preciso “reconstruir” a legenda e apresentar “um novo projeto para mudar o Brasil”.

    Segundo o vice-presidente, está “estabelecido” que o PMDB terá candidato próprio em 2018 e estará “aberto” para alianças com todos os partidos, inclusive com o PT. “Estamos abertos para todas as alianças, com todos os partidos. O que está sendo estabelecido é que o PMDB quer ser, digamos assim, cabeça de chapa em 2018”, afirmou Temer após participar do lançamento da plataforma digital na internet da Fundação Ulysses Guimarães.

    Ainda de acordo com o vice-presidente, a plataforma, com notícias e interatividade com o eleitor jovem, tem o objetivo de “habilitar o PMDB para as eleições de 2016 e 2018”.

    Além de Temer, estavam presentes o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o senador Romero Jucá (PMDB-RR), o ex-presidente da República José Sarney e o presidente da Fundação Ulysses Guimarães e ex-ministro do governo Dilma, Moreira Franco. Todos entoaram o discurso de candidatura própria e independência em relação ao PT.

    “O PMDB faz parte de uma aliança mas sabe que, em 2018, quer buscar o seu caminho, que não é com essa aliança”, disse Cunha, que este ano liderou importantes derrotas para o governo no Congresso. “Temos o direito de disputar no eleitor as nossas ideias”, completou.

    O senador Romero Jucá, por sua vez, afirmou que o partido precisa se “reconstruir” e se “adaptar” ao momento político do país. “Queremos ser efetivamente a voz que falta à sociedade brasileira hoje, que muitas vezes não se sente representada”, disse o senador.

    As informações são da Folha de São Paulo.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here