PM intensifica combate a crimes contra patrimônio em JP

    0

    Realizar operações qualificadas com objetivo de desarticular grupos criminosos acusados de roubos na Capital é um dos principais focos da Polícia Civil. Em João Pessoa, a Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) prendeu, em menos de um mês, 14 pessoas em flagrante e por cumprimento de prisões preventivas. O destaque foram as operações ‘Santa Claus’ e ‘Vitrine’, que desarticularam dois grupos acusados de furtar equipamentos eletrônicos da Secretaria de Educação do Estado, joalherias e outros estabelecimentos comerciais, respectivamente.

    No mesmo período, a especializada, que desde dezembro de 2014 tem à frente a delegada Roberta Neiva, indiciou 13 pessoas, relatou sete inquéritos, instaurou outros 102 e ainda efetuou oito buscas domiciliares. A equipe é composta por 13 policiais civis, entre delegados, agentes de investigação e escrivães.

    A delegada explicou que foram realizadas mudanças na dinâmica de trabalho da Roubos e Furtos. “Fizemos uma divisão de equipes de acordo com a lógica das Áreas Integradas de Segurança Pública, na qual os policiais trabalham com Norte e Sul da Capital. Assim, há uma dinâmica e especialização, com conhecimento geográfico e de outros aspectos da área abrangida. A nossa pretensão é continuar com as ações de repressão qualificada e o máximo de prisões de acusados de roubos e furtos na cidade”, frisou. Neiva ainda acrescentou que 35 representações de prisões temporárias, preventivas e de buscas já foram solicitadas ao Poder Judiciário como resultado de investigações entre dezembro de 2014 e 19 de janeiro.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here