“Plenário da ALPB é para quem tem coração e nervos bons”, ironiza Tovar

0

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) declarou durante entrevista ao Paraíba Já que os deputados da base do governador Ricardo Coutinho (PSB) poderão usar de manobra para a votação da criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e parabeniza o governador Ricardo Coutinho (PSB) pela sensibilidade com a segurança do estado ao anunciar a convocação de policiais.

“É importante que exista a situação e a oposição, a oposição faz o papel de mostrar as falhas do governo para que se possa melhorar. Assim o governador fica mais sensível, justamente tentando atender os anseios da sociedade. Ricardo viu que não tem condições de como está a segurança e hoje anunciou que convocará policiais”, declarou.

Diante os últimos acontecimentos na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Tovar ainda declara que a Casa é para quem tem calma e boa saúde diante as discussões debatidas na Casa. “O Plenário da ALPB é para quem tem coração bom, nervos bons, quem não tem é melhor não entrar”, concluiu.

De acordo com Tovar, os parlamentares da situação usarão de manobras para a votação da criação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). “É uma discussão que deverá ocorrer durante esses dias, o orçamento precisa ser votado até o dia 20. Estou antecipando que haverá manobra dos governistas para não votar após esse período porque não entra em recesso e dar pra votar essa PEC. A PEC que ainda não foi dada entrada nesse ano não poderá ser votada. É preciso que Edmilson Soares – presidente da Comissão de Orçamento e deputado estadual (PEN) –  e Buba Germano – relator e deputado estadual (PSB) –  que já foram advertidos por mim que façam relatório preliminar para que possa votar, e aprovado o orçamento até o dia 20 a Casa entraria de recesso e só poderia votar a PEC do TCM próximo ano. Os governistas manobrarão para votar só em Janeiro”, disse.
Tovar ainda destaca que é contra a criação do TCM porque seria um sistema de apadrinhamento político. “Sou contra o TCM porque é uma conveniência política, para apadrinhar os deputados, inclusive alguns já pedem votos. Será um custo a mais porque é uma máquina complexa que vai apadrinhar. Quem vai pagar essa conta são os paraibanos”, afirmou.
Sobre eleições manuais
O parlamentar ressalta que a votação manual é um retrocesso para os paraibanos. “Absurdo, a votação eletrônica é rápida devemos progredir não ir pra trás, embora que seja mais seguro, existem outros meios para economizar mesmo usando o meio eletrônico para as eleições. Acho um retrocesso.”, ressaltou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here