PGR pede investigação contra Aécio Neves, Marco Maia e Vital do Rêgo

1

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a autorização para abrir duas novas investigações com base na delação premiada do senador Delcício do Amaral (sem partido-MS), que foi preso em novembro do ano passado por tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato. Os alvos dos inquéritos requeridos são o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), o deputado Marco Maia (PT-RS) e o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.

Os pedidos serão analisados pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF. Em sua delação, Delcídio cita o esquema de corrupção instalado em Furnas, no qual, segundo ele, o ex-diretor da estatal Dimas Toledo era apontado como principal operador e alguém com um “vínculo muito forte” com Aécio Neves.

Delcídio afirmou que “sem dúvida” o tucano foi beneficiário do esquema. Em nota, Aécio afirmou considerar “absolutamente natural” e “necessária” as investigações para que elas “demonstrem a correção da sua conduta”.

“Quando uma delação é homologada pelo STF, como ocorreu com a delação do senador Delcídio Amaral, é natural que seja feita a devida investigação sobre as declarações dadas. Como o próprio senador Delcídio declarou recentemente, as citações que fez ao nome do senador Aécio foram todas por ouvir dizer, não existindo nenhuma prova ou indício de qualquer irregularidade que tivesse sido cometida por ele”, diz o texto. As informações são da Veja.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here