PF diz que investigações sobre o Caso Lagoa estão em fase de análise técnica e pericial

0

O delegado da Polícia Federal José Juvêncio de Almeida Neto, responsável pelo inquérito criminal que investiga irregularidades apontadas pelo relatório da Controladoria Geral da União (CGU) na obra de revitalização do Parque Solon de Lucena (Lagoa), que resultou em desvio de, aproximadamente, R$ 10 milhões, afirmou que ainda não encaminhou cópias das diligências realizadas ao procurador da República, Yordan Delgado, que está à frente do inquérito civil. O total investido na obra foi de R$ 40 milhões, sendo 98% de recursos federais.

Leia também:

Caso Lagoa: MPF solicita auditor da CGU e diligências da PF para avaliar defesa da PMJP

PF diz que investigações sobre o Caso Lagoa estão em fase de análise técnica e pericial

Em entrevista ao Paraíba Já, José Juvêncio esclareceu que desde o início do ano que a Polícia Federal investiga o caso e que ainda está em fase de diligências técnica e pericial.

Após depoimentos dos secretários da gestão da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), Cássio Andrade (Infraestrutura) e Zennedy Bezerra (ex-Planejamento e atual Articulação Política) ao procurador da República Yordan Delgado, responsável pelo inquérito civil que investiga desvio de recursos na obra de revitalização do Parque Solon de Lucena (Lagoa), o Ministério Público Federal da Paraíba (MPF) solicitou da Controladoria Geral da União (CGU) um auditor para avaliar a defesa apresentada pela prefeitura. Mais ainda: solicitou também cópias das diligências realizadas até então no inquérito criminal, executado pela Polícia Federal.

Yordan enviou os ofícios para o chefe da CGU na Paraíba, Gabriel Wright, e para o delegado federal que está responsável pelo inquérito criminal que apura o Caso da Lagoa, José Juvêncio de Almeida Neto, no último dia 5 de outubro deste ano.

Da solicitação feita ao delegado da Polícia Federal, também foi pedido a lista de diligências que estão em execução.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here