PF detém 17 por suspeita de compra de votos e boca de urna na Paraíba

    0

    A Polícia Federal (PF) na Paraíba deteve dezessete pessoas da sexta-feira (3) até a manhã deste domingo (5) por crimes eleitorais em várias regiões do estado. Dez delas, apenas entre a madrugada e o final da manhã deste domingo por compra de votos e boca de urna nas cidades de João Pessoa, Cabedelo, Mamanguape e Cajazeiras.

    Em Cabedelo, a 16,3km de distância de João Pessoa, a Polícia Federal deteve duas pessoas por boca de urna e na capital mais uma. Em Cajazeiras, no Sertão paraibano, a ação da polícia resultou na detenção de mais duas pessoas por boca de urna. Segundo a Polícia Federal, em Mamanguape, no litoral Norte, a 59,9km de João Pessoa, duas pessoas foram detidas por compra de votos.

    Em Campina Grande, onde as tropas federais estão fazendo a segurança, a Polícia Federal deteve um candidato a deputado estadual e dois parentes no bairro das Malvinas com quatro cestas básicas. Após o pagamento de R$ 50 mil, eles foram liberados.

    Outros crimes eleitorais vêm sendo registrados pela PF desde a sexta em Cajazeiras, no Sertão paraibano, quando houve busca e apreensão de material impresso indevido, duas pessoas detidas por boca de urna e outra pela mesma infração em Catolé do Rocha.  Na sexta-feira (3), a PF também deteve em Cabedelo, na Grande João Pessoa, três homens portando fraudas, faturas e R$ 1.600 em espécie e outras duas pessoas com material de campanha e lista com nome de pessoas.

    No sábado (4), a PF deteve em Campina Grande duas pessoas em veículos distintos com envelopes que somavam R$ 27 mil e lista com nomes de pessoas e localidades. Os infratores pagaram fiança e foram liberados. Em Patos, a polícia apreendeu R$ 15.114 com um homem em um posto de gasolina. Por não conseguir provar que o dinheiro seria para pagar funcionários o valor ficou retirado e a Justiça Eleitoral será comunicada oficialmente.

    Da Redação com G1

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]