Petista diz que Cássio é repetitivo e que é o menos indicado para falar de corrupção

    0

    O deputado estadual Anísio Maia (PT) em entrevista ao Paraíba Já, na tarde desta segunda-feira (28), rebateu as declarações do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), concedidas em um programa de rádio de João Pessoa. O petista destacou que o tucano, que também é líder do PSDB no Senado, só critica o Partido dos Trabalhadores por não possuir projetos para a Paraíba, e, por isso, o discurso é repetitivo e cansativo. Anísio ainda relembrou que o senador já foi cassado e sugere que o mesmo deveria se omitir sobre temas relacionados a corrupção e roubo.

     

    “O senador Cássio tá se achando, e o pronunciamento dele está virando um samba de uma nota só, é sempre a mesma coisa. Quero saber quais propostas ele tem, o que ele tem feito no Senado para ajudar os problemas da seca no Nordeste. Eu até lembro quando ele estava na Sudene, que nada fez pela seca em nossa Paraíba. Ele não tem o que apresentar quando esteve lá e nada fez pelo Estado. Ao contrário, ficaram diversas denúncias no ar até hoje. Ele deveria apresentar propostas no lugar de ser repetitivo. Ele não acrescenta em nada para Paraíba”, destacou.

    Anísio ainda relembra o caso do ex governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo (PSDB), que foi condenado por roubo, e ressalta que o senador já foi cassado. Ou seja, corrupção não é uma chaga apenas do PT.

    “Ele deve se lembrar que Eduardo Azeredo foi condenado a 20 anos de cadeia por roubo. Então quando é o PSDB não é roubar, é um erro, mas quando é o PT é um roubo. A oposição passa dia e noite falando o mesmo assunto. Cássio foi cassado por irregularidades administrativas e se ele olhar pra trás ele deve se calar, e não falar mais nesse assunto”, disse.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here