Petista define impeachment de Dilma: “golpe arquitetado pela direita do Brasil”

    0

    O deputado estadual Anísio Maia (PT), que esteve presente na manifestação da praça da Independência, no centro da Capital contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e a permanência do presidente Eduardo Cunha (PMDB/RJ) na Câmara, explica os motivos que levaram as pessoas às ruas da Capital paraibana e espera por mais manifestantes nas próximas mobilizações pró-Dilma.

    “Na verdade, essa manifestação é parte de uma grande manifestação nacional, que ocorre em várias cidades simultaneamente. Vi fotos da manifestação de Patos, muito boa, muito significativa. Queremos aqui também marcar uma posição forte, mostrando que a sociedade brasileira, principalmente aquelas pessoas de bom senso, que tem um bom entendimento político não vão admitir o prosseguimento desse golpe arquitetado pela direita do Brasil”, explica.

    Questionado sobre uma média de pessoas que poderiam estar presente para manifestar contra o impeachment, o deputado prefere não arriscar um número, mas é otimista.“Nós estamos torcendo para um grande público, agora eu não queria me adiantar agora porque começou agora a manifestação. Seguramente esse público que está aqui já é satisfatório, mas queremos mais”, afirma.

    A manifestação

    A concentração para o ato em defesa da democracia e para protestar contra a permanência do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Câmara dos Deputados começou por volta das 16h, na Praça da Independência, no Centro João Pessoa. Os manifestantes se opõem ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

    De acordo com os organizadores, cerca de 5 mil pessoas seguiram em caminhada pelas principais avenidas do Centro, até chegarem ao Ponto de Cem Réis, por volta das 17h30h, onde  a manifestação foi encerradaàs 18h30.

    Segundo boletim divulgado pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), a manifestação deixou o fluxo de veículos intenso nas avenidas centrais de João Pessoa, em especial a Pedro I, a Tabajaras e a Getúlio Vargas.

    O público presente ao ato desta quarta foi muito superior ao registrado na manifestação pró-impeachment, ocorrida no último domingo (13),  que reuniu algo em torno de 200 pessoas no trajeto entre a Avenida. Epitácio Pessoa e o Busto de Tamandaré, de acordo com a Polícia Militar.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here