Petista classifica como “comemoração aloprada” manifestações pró-impeachment

    0

    O vereador Eduardo Fuba (PT), em entrevista ao Paraíba Já nesta sexta-feira (04), ressaltou que não há provas concretas contra a presidente Dilma Rousseff (PT) para que o impeachment seja aprovado futuramente pelo Congresso Nacional. Fuba ainda acusa o presidente da Câmara Federal, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ) de coagir o Partido dos Trabalhadores e tacha como “aloprada” as manifestações de políticos com a abertura do processo.

    De acordo com Fuba, o PT foi chantageado pelo Cunha e aproveita para indagar a moral do presidente da Câmara. “Não há embalsamento jurídico, ela vai ser cassada por quê? Qual razão? Não existe! O PT está sendo pressionado e chantageado por Cunha, este que comprovadamente é um corrupto com provas concretas. Qual moral ele tem para pedir impedimento da nossa presidente? Nenhuma!”, disse.

    O vereador acusa a direita por toda a situação causada na abertura do processo de impeachment da presidente Dilma, e que após o julgamento ficará provada a inocência de Dilma.

    “Natural que as pessoas da direita, que querem o impeachment comemorem, é uma comemoração aloprada que tende a acabar logo quando for julgado. Vivemos um retrocesso institucional provocado pela direita golpista e um cartel midiático de alguns sistemas que compactuam com isso”,  ressaltou.

    O parlamentar ainda afirma que não acredita que Dilma sofrerá impeachment e que o Brasil precisa voltar a crescer. “Precisamos de diálogo e retomar o crescimento, isso só nos leva ao retrocesso, mas não podemos viver nessa retaliação sem fim. Eu não acredito no impeachment porque não há embalsamento jurídico pra isso. A presidente continuará no comando do Brasil”, afirmou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here