Pesquisadores de universidade americana criam primeiro computador à prova de erros

    0

    Cientistas desenvolvem um sistema de arquivos que promete acabar com a perda de informação causada por travamentos em computadores. O projeto, desenvolvido pelo MIT, funciona com um conceito de verificação formal, que usa matemática pura para determinar as lógicas e limites de operação de um programa de computador.

    Na aplicação criada pelo MIT, esse instrumento foi instituído dentro de um sistema de arquivos que, na hipótese de um erro crítico do sistema operacional, garante que os dados não sejam perdidos e estejam disponíveis ao usuário quando o computador for reiniciado.

    Sistema de arquivos é um instrumento presente em qualquer sistema operacional. A responsabilidade dele é salvar dados no seu disco rígido e saber onde encontrá-los toda vez que você precisar deles. Se o seu computador trava (por qualquer motivo, de falha do hardware, azar ou até queda de energia) enquanto você está salvando aquele trabalho escolar que você levou horas escrevendo, há grande chance de que o arquivo acabe perdido e seja corrompido porque o sistema de arquivos foi interrompido enquanto salvava as informações e registrava onde elas foram parar.

    No inovador sistema de arquivos desenvolvido pelo MIT, isso não aconteceria: embora o travamento do sistema fosse inevitável, seus dados estariam preservados da destruição porque o sistema de arquivos se encarregaria de garantir que o processo de armazenamento deles, seja na memória RAM ou no HD, não sofra corrupção.

    Segundo os realizadores do projeto, no momento, o sistema de arquivos é lento demais para qualquer aplicação no mundo real. Mas a perspectiva é de que o estudo evolua, usando as descobertas dos técnicos do MIT para o desenvolvimento de novos formatos de sistema a serem aplicados em produtos voltados aos consumidores domésticos.

    Na avaliação dos cientistas e engenheiros que desenvolvem a novidade, o sistema de arquivos à prova de perda de dados teria aplicações em qualquer tipo de SO, já que o método de operação de diversos sistemas operacionais não difere muito no que tange a execução e organização de arquivos. Os pesquisadores farão uma apresentação sobre o projeto em outubro, num simpósio sobre sistemas operacionais, onde a novidade será submetida à análise da indústria.

    SSD funcionando em conjunto com o HD deixa o Windows mais rápido? Dê a sua resposta no Fórum do TechTudo!
    Vale ressaltar que o projeto do MIT não acaba com os episódios de travamentos do seu computador: mesmo que os frutos da pesquisa sejam viáveis comercialmente no futuro, travamentos e acidentes do gênero ainda serão uma realidade. A grande vantagem será a segurança de que suas informações serão preservadas, mesmo quando o CTRL + ALT + DEL (ou Command + Option + Esc) for a única saída para trazer seu computador de volta à vida.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here