Pegou pesado: Ex-ministro de Lula chama Manoel Júnior de “energúmeno” e “picareta”

    1

    Além do ‘bombardeio’ que vem sofrendo de grande parte da mídia nacional, o deputado paraibano Manoel Júnior (PMDB) passou a ser alvo também da classe política. Favorito para ocupar o Ministério da Saúde, o parlamentar da Paraíba foi vítima, desta vez, do ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

    Em entrevista publicada nesta terça-feira (29) pelo Jornal O Povo, do Ceará, Ciro Gomes não poupou críticas ao deputado paraibano, a quem chegou a tachar de ‘energúmeno’ e ‘picareta’. Os ataques a Manoel Júnior foram desferidos pelo ex-ministro ao avaliar aproximação entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e o PMDB.

    “Entregar a saúde pública a um energúmeno, que é um picareta desde pequenininho, como esse ‘Manél de Tal’ (em referência ao deputado Manoel Júnior), do PMDB da Paraíba, é um achincalhe da maior espécie”, disse Ciro Gomes durante a entrevista.

    Na reportagem veiculada também em sua versão eletrônica, o Jornal O Povo disse que procurou o deputado Manoel Júnior para comentar as críticas de Ciro Gomes, mas não obteve resposta nos telefones do gabinete do parlamentar paraibano.

    Saiba mais

    Ciro Gomes foi deputado estadual, deputado federal, prefeito de Fortaleza e governador do Ceará. Foi ainda ministro da Fazenda no governo do presidente Itamar Franco.

    Polêmico, em 1998, candidatou-se à Presidência da República pelo PPS, obtendo cerca de 10 milhões de votos. Voltou a candidatar-se em 2002.

    No primeiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assumiu o Ministério da Integração Nacional.

    Clique aqui e leia a entrevista completa do ex-ministro Ciro Gomes.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here