PBTur revela crescimento de 4,52% em visitas de turistas ao estado

    2

    O Setor de Estatísticas da Diretoria de Fomento da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) divulgou nesta sexta-feira (22) a pesquisa mensal do Fluxo Global de turistas para o Estado, referente a dezembro e ao ano de 2015.  No acumulado do ano, o Fluxo Estimado registrou 1.724.506 hóspedes, aumento de 4,52% frente ao ano anterior, que totalizou 1.649.965.  Com relação a João Pessoa, o levantamento apontou um crescimento de 4,41%. Ao longo do ano passado foram 1.210.008 hóspedes em comparação aos 1.158.910 de 2014.

    O levantamento mensal da PBTur revela, também, que a rede hoteleira da capital paraibana, que possui o maior número de quartos/leitos no Estado, registrou em dezembro uma ocupação de 60,38% dos quartos disponíveis. Um resultado inferior em 8,37 p.p (pontos percentuais) face ao mesmo mês de 2014.  No acumulado do ano de 2015, a ocupação hoteleira foi de 70,49%, aumento de 1,42 pontos percentuais na comparação com o ano de 2014, constituindo-se na maior taxa de ocupação anual da série desde 1990.

    Na avaliação da presidente da PBTur, Ruth Avelino, os números são positivos e revelam que, apesar da crise econômica no país, o turismo paraibano terminou o ano de 2015 com um crescimento. “Claro que temos que ficar satisfeitos com esse crescimento de 4,5% diante de um quadro de recessão econômica, onde as famílias ficam entre a cruz e a espada: viajar ou reduzir gastos. Foi, sim, um crescimento pequeno, positivo, que mostra que estamos no caminho certo de divulgarmos sempre nosso Estado em todas as feiras, eventos e capacitações de agentes de viagens”, afirmou.

    Origem do Fluxo – Outro dado importante apontado pela pesquisa da PBTur refere-se às regiões do país que mais enviaram turistas à Paraíba. Em 2015, a região Nordeste foi a principal emissora com 40,67% de incidência, seguida do Sudeste com 37,93%; Região  Centro-Oeste com 10,58%; Sul com 9,27%; e a  Região Norte com 1,55%.

    Os principais estados emissores foram: São Paulo (21,02%) de incidência, Pernambuco (15,79%), Rio Grande do Norte (9,35%), Rio de Janeiro (8,88%) e Minas Gerais (7,63%). O fluxo de estrangeiros registrou no ano de 2015 uma redução de 0,41%. Os principais países emissores foram Itália (19,61%), Estados Unidos da América (15,89%), Alemanha (12,45%), Argentina (9,92%) e Portugal (6,68%). No Top 10 dos países emissores entrou a Suíça e saiu a China.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here