Parlamentar lamenta que PMJP não cumpre acordo que fez para melhorar serviços de saúde

0

Após a vistoria dos vereadores da oposição ao Hospital Santa Isabel na última quarta-feira (22), o deputado federal Wilson Filho (PTB) criticou, em entrevista ao Paraíba Já, a situação na qual se encontra a saúde em João Pessoa. Para Wilson, a saúde na gestão de Luciano Cartaxo (PSD) não é prioridade. Ele relembrou que a verba destinada por ele no valor de R$ 1 milhão para a Central de Hemodiálise não foi utilizada da maneira adequada pela PMJP e que nas visitas feitas pela Comissão de Saúde da Câmara dos Deputado aos hospitais da Capital foram firmados compromissos que não foram cumpridos pela Prefeitura.

“O Santa Isabel foi hoje o único local vistoriado pelos vereadores, mas se forem em qualquer dos locais que nós fomos com a Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados vai com certeza encontrar a mesma situação. E quando uma situação é tão critica que ela passa a ser denunciada por um órgão federal e perante o público, perante ao Ministério da Saúde, perante essa própria comissão se faz um compromisso e após quase três anos de compromisso ainda não foi efetivamente resolvido, sendo este compromisso a coisa mais fácil do mundo que é desencaixotar e botar pra funcionar uma coisa que já foi comprada, num local que já está construído, com os médicos que já estão contratados, para os pacientes que já existem, numa fila, parece brincadeira. Uma brincadeira de muito mau gosto. Em outras regiões se quer ter um centro de Hemodiálise mas não tem o dinheiro pra construir o prédio, pra comprar máquina. João Pessoa tem tudo e não faz”, declarou.

De acordo com o parlamentar, falta planejamento na gestão de Cartaxo. Ele criticou o fato de que mesmo com todas as críticas feitas ao secretário de Saúde e sua equipe, o prefeito tenha decidido mantê-los.

“O que falta a gestão de Cartaxo é a mesma coisa que nós falávamos há um ano atrás, falta planejamento. Ele não sabe o que vai fazer amanhã. A gestão da saúde não sabe o que vai fazer amanhã e, as críticas que vieram pra gestão não partiram apenas dos membros da oposição, elas parte principalmente do povo, mas também de membros da situação. Quantas pessoas já não criticaram o secretário de Saúde. No momento em que se tem oportunidade de fazer uma troca por alguém que pudesse ser mais dedicado ou que tivesse mais força perante o prefeito ou algo do tipo, e escolhe manter o mesmo secretário, a mesma equipe que estava recebendo críticas. Então é uma escolha pessoal de Cartaxo, Cartaxo passou a assumir pessoalmente o problema da saúde, não consegue resolver”, criticou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here