O Globo acusa deputado paraibano de ‘legislar em causa própria’ na reforma política

    0

    O deputado federal Wilson Santiago (PTB) ganhou destaque na imprensa nacional nesta quarta-feira (27) por conta de um projeto de lei que ‘legisla em causa própria’. O jovem deputado de 25 anos apresentou um projeto para reduzir a idade constitucional para ser candidato ao Senado para 29 anos, idade que terá em 2018, quando pretende ser candidato a senador.

    O paraibano articulou junto ao relator da reforma política, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) diminuísse de 30 para 29 anos a idade mínima para elegibilidade de governadores, vice-governadores e que estendesse a nova regra para senadores. Em reportagem, o jornal O Globo diz que o relatório tornou-se “um apanhado das mais diversas vontades dos deputados que, com a promessa de apoiarem o chamado distritão como sistema eleitoral, conseguiram incluir temas de seu interesse”.

    Lembrando que Wilson é um dos deputados com maior patrimônio declarado do país, com R$ 5,6 milhões declarados à Justiça Eleitoral, a reportagem diz que  o petebista atendeu às pressões dos movimentos ligados à juventude ao pedir a alteração.

    “Minha intenção era diminuir a idade para 25 anos para as eleições majoritárias, exceto para presidente da República. Hoje, se pode ser prefeito de São Paulo aos 21 anos, mas não se pode ser governador do Amapá aos 29. Isso está ultrapassado. A sociedade mudou, e as regras não acompanharam. Queremos que o Senado seja oxigenado como a Câmara. Experiência não se calcula pela idade”,  disse.

    Wilson diz que a escolha da idade se deve ao fato de o Estatuto da Juventude considerar 29 anos o limite para uma pessoa ser considerada jovem. O deputado nega que tenha defendido a medida por interesse próprio.

    “Eu poderei ser candidato, mas não pretendo por enquanto” diz Wilson que, coerentemente com sua posição de dar mais responsabilidades aos jovens, defende a redução da maioridade penal.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here