Panta faz balanço de gestão e garante Centro de Hemodiálise em Santa Rita

0

Os serviços públicos em Santa Rita, após dois meses da nova gestão municipal do prefeito Emerson Panta (PSDB), estão se restabelecendo no município. A população agora volta a acompanhar a reorganização da saúde, da educação e de outros setores de competência municipal.

O cenário já está bem diferente dos primeiros dias de janeiro, vários serviços estão sendo reativados. Na área de saúde, uma das iniciativas importantes é a reabertura de PSFs, como a unidade Celeste Ribeiro, em Várzea Nova, mais uma que voltou recentemente a atender os usuários depois de dois anos de portas fechadas.

A Secretaria de Saúde vem cumprindo um cronograma semanal de reabertura de unidades e ainda esta semana, dia 24 de fevereiro, será a vez da UBS Maria de Lourdes Alves de Assis, que voltará a atender centenas de famílias em Tibiri Fábrica.

De acordo com o prefeito, em menos de dois meses, 25 unidades de atenção básica estão novamente atendendo ao público. A meta é continuar as reaberturas, alcançando um número superior a 40 unidades em locais da zona urbana e rural.

Ao longo desse tempo, a prefeitura também conseguiu reativar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), e a distribuição de medicamentos. Além disso, estabeleceu uma parceria pioneira com o Sesc, que trouxe até Santa Rita duas unidades móveis, que ficarão instaladas na praça Getúlio Vargas até o começo de maio oferecendo atendimentos odontológicos e de saúde da mulher, zerando no município a fila da mamografia e de exames citológicos, importantes na prevenção do câncer.

Mas a grande novidade anunciada é a inauguração da Policlínica José Lins de Albuquerque (Zé de Ule), prevista para 10 de março. A unidade vai oferecer atendimento em diversas especialidades (pediatria, psiquiatria, oftalmologia, geriatria, reumatologia, cardiologia, cirurgia geral e ambulatorial, odontologia, fisioterapia), além de exames clínicos. E até junho, a prefeitura pretende também instalar um Centro de Hemodiálise no município.

Na educação, um esforço concentrado está convocando pais e responsáveis para a matrícula dos alunos no ano letivo 2017. O déficit no número de matrículas registrado ao longo dos últimos dez anos é o maior desafio da Secretaria de Educação. Para atrair esses alunos de volta aos bancos escolares, a prefeitura já garantiu a distribuição de um kit escolar, fardamento, merenda e transporte na zona rural. Além disso, através do programa Santa Rita na Escola, a secretaria tem percorrido diversas localidades com uma tenda itinerante a fim de conscientizar a população sobre a importância da matrícula escolar. Espera-se diminuir gradativamente a tão preocupante evasão escolar no município.
A situação do funcionalismo também está alcançando a normalidade. Apesar de herdar a folha de pagamento em atraso, a prefeitura já conseguiu realizar o pagamento de janeiro dentro do mês trabalhado, e o de fevereiro, que vai ser pago de forma antecipada, já acontece no próximo dia 24. Algumas categorias, como a dos agentes comunitários de saúde, receberam os pagamentos em atraso já nesta segunda-feira (20) e a prefeitura está se organizando para garantir o mais breve possível o pagamento dos demais servidores deixados com salários em atraso no ano anterior.

Os serviços de limpeza pública, que também estavam totalmente suspensos em todo o município, foram completamente regularizados e a população já conta com um cronograma de coleta. Agora, quem andar pelas localidades em Santa Rita, sejam urbanas ou rurais, não mais vai se deparar com acúmulo de entulhos e de lixo, que chegou a ser durante alguns meses um caso de saúde pública. Todas essas ações mostram o empenho e a preocupação da nova gestão em resgatar a qualidade de vida do seu povo.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here