Panapaná: Funesc inscreve para vivência artística com Carlos Mélo

0

A Funesc inscreve, até a próxima sexta-feira (11), para vivência artística com o artista visual Carlos Mélo. Os interessados podem se inscrever junto à Diretoria de Desenvolvimento Artístico e Cultural (DDAC) da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), no horário de 9h às 12h e de 14h às 16h.  O valor do investimento é R$ 50 e a oferta é de 15 vagas. A atividade faz parte do projeto “Panapaná, Novembro das Artes Visuais”, que acontece até o próximo dia 16. Os encontros da vivência acontecem na segunda-feira (14), no auditório 3 do mezanino 2 do Espaço Cultural José Lins do Rego e na terça-feira (15), na Arapuca Arte Residência, localizada no município do Conde, sempre às 9h30.

A proposta da oficina é trabalhar por meio dos “rituais” de contato com a natureza partindo como princípio o mergulho no self, o que o corpo é capaz produzir diante do encontro com a natureza em todas as suas variantes. O artista conduzirá individualmente cada participante a criar novas formas de contato, consigo mesmo e com o ambiente, através da arte. Dessa maneira, cada um escolhe o suporte e o assunto para produzir fisicamente, objetualmente, o resultado de suas experiências individuais e assim chegar a uma grande experiência coletiva. Esta ação se desenvolverá em parceria com a Arapuca Arte Residência, empreendimento do artista visual francês Serge Huot, situada no Conde/PB.

Além da oficina, o artista Carlos Mélo realiza, na quarta-feira (16), a performance “Asselvagamento”. A residência consiste numa experiência com a natureza subjetiva, ou seja, um mergulho interior através de performances para produzir imagens através de uma coleta de gestos durante uma vivencia na Arapuca. Coletar gestos implica numa experiência com a “natureza objetiva” (alteridade na unidade) o corpo com dobradiça na flexão entre o ambiente e o sensível.

Através de micro ações construir um repertorio de imagens (fotografias e vídeos). Além de um repertorio “imagético” a residência propõe criar conformações físicas dessa experiência, construindo objetos e desenhos, como uma espécie de “arqueologia do agora”. Como resultado final da residência uma exposição onde uma espécie de “museu do homem selvagem nos tempos de agora” será apresentada ao público, como um documento político e artístico do que resta ou do que falta de selvagem no homem contemporâneo.

Panapaná, Novembro das Artes Visuais – O projeto é desenvolvido por meio da coordenação de artes visuais da Funesc, que idealizou uma programação visando realizar atividades em consonância com o circuito nacional de artes. A primeira atividade aconteceu na quinta-feira (3). Na ocasião, o curador Moacir dos Anjos realizou a leitura de portfólio de artistas. À noite, o convidado ministrou a palestra “Emergência: arte brasileira e o momento político de agora”, dentro do projeto regular da Funesc Quintas Dialógicas.

Na programação da segunda-feira (7), a atividade em destaque foi a intervenção artística Wser, organizada pelo artista visual Ricardo Peixoto, ocupando os banheiros do Espaço Cultural utilizando imagens e textos que dialogam com grafias diversas conhecida como literatura de banheiro.

Na terça-feira (8), às 19h, a artista visual Minna Miná abre a exposição “No Campo de Centeio”, que ficará aberta à visitação no Espaço Expositivo do Mezanino, que será inaugurado oficialmente homenageando uma artista paraibana.

A Galeria Archidy Picado abrirá, na quinta-feira (10), às 19h, a exposição individual da artista visual Alice Vinagre, intitulada “Assim, assim vinagre…”.

De terça a quinta-feira (8 a 10), grafiteiros convidados realizam um painel em Grafitti na lateral do estacionamento do Espaço Cultural.

Esta programação visa também estabelecer uma agenda de ações de modo que a Fundação Espaço Cultural da Paraíba consolide sua atuação nas artes visuais no contexto da arte contemporânea.

 

Panapaná – Novembro das Artes Visuais – 2016

 

08 a 10/11

Mural em Grafitti – Grafitti JP – Lateral Estacionamento Espaço Cultural

 

10/11

19h – Exposição “Assim, assim vinagre…” – Artista Visual Alice Vinagre – Galeria de Arte Archidy Picado

 

14/11 e 15
9h30 – Vivência Artística – Artista Visual Carlos Melo – Local: Espaço Cultural José Lins do Rego, Auditório 3

9h30 – Vivência Artística – Artista Visual Carlos Melo – Local: Arapuca Arte Residência, Conde/PB

16/11

18h – Performance: Asselvajamento – Artista Visual Carlos Melo – Local: Espaço Cultural José Lins do Rego, Praça do Povo

 

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here